Vitor Silva/Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Com time experiente diante do Athletico-PR, Botafogo não pode mais tropeçar

Equipes se enfrentam nesta quarta-feira, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2021 | 05h26

Com a corda no pescoço apertando mais a cada rodada sem vitória no Brasileirão, o Botafogo ainda mantém o discurso de que é possível escapar do iminente rebaixamento. Mas não há espaço para mais tropeços na competição, sobretudo atuando no Engenhão. Nesta quarta-feira, às 19h15, o técnico Eduardo Barroca usará um time "cascudo" para tentar vencer o Athletico Paranaense. Equipe que menos ganhou no Brasileirão, com apenas quatro triunfos, o Botafogo terá de somar os três pontos em no mínimo oito de seus 11 jogos restantes para sonhar com a permanência na elite nacional.

Depois de não ficar nada satisfeito com o desempenho da equipe na derrota diante do Corinthians, por 2 a 0, jogo no qual não conseguiu incomodar o goleiro Walter, o técnico Eduardo Barroca vai optar por jogadores mais experientes na escalação. Recuperado da covid-19, Bruno Nazário entra na armação, ao lado do veterano Cícero, mantido entre os titulares.

No ataque, o então isolado Pedro Raul ganha a companhia do marfinense Kalou. Victor Luís não agradou improvisado na ponta e retorna à lateral esquerda. Rafael Forster perde a vaga. Na frente, o jovem Warley dá lugar a Kalou numa formação que promete atacar os paranaenses.

Barroca tenta armar uma surpresa para o técnico Paulo Autuori, que conhece bem o time carioca. Ele iniciou a fraca campanha no Brasileirão pelo clube. O Botafogo, mesmo ganhando, não deixa a zona de rebaixamento. Com 23 pontos, a meta é pensar jogo a jogo. Bater os paranaenses se tornou necessário para fazer renascer as esperanças de fuga. São cinco pontos de distância do Bahia, o primeiro fora da degola.

Já no Athletico-PR, sem suspensos, o técnico Paulo Autuori deve repetir a escalação da vitória diante do Vasco por 3 a 0, na rodada anterior. O Athletico-PR segue sem poder contar com o lateral-esquerdo Márcio Azevedo e com o volante Erick, que se recuperam de lesões e já haviam perdido as últimas partidas.

O clube divulgou a lista de relacionados com 22 jogadores para o confronto contra o Botafogo. O atacante Walter não viajou com a delegação para o Rio de Janeiro, mas o motivo da ausência não foi informado.

O time está na 11.ª posição do Brasileirão, com 34 pontos. A equipe busca, ao mesmo tempo, se afastar da zona de rebaixamento e se aproximar do G6. São seis pontos acima da degola e dez abaixo da zona de classificação para a Copa Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.