Miguel Locatelli/Athletico
Miguel Locatelli/Athletico

Com time misto, Athletico-PR desafia jejum como visitante contra o Palmeiras

Tiago Nunes poupa parte do elenco de olho nas disputas da Libertadores e da Copa do Brasil

Redação, Estadão Conteúdo

08 de junho de 2019 | 11h02

Em razão da prioridade dada aos torneios de mata-mata, o Athletico-PR voltará a jogar o Brasileirão sem força máxima. Neste sábado, o time misto do técnico Tiago Nunes encara o Palmeiras, às 16h30, no Allianz Parque, pela oitava rodada.

Na décima colocação, com dez pontos, o Athletico-PR vai tentar encerrar um jejum de nove jogos sem vencer como visitante. A última vez que isso aconteceu foi no dia 17 de março, quando bateu o Maringá, por 4 a 0, pelo Campeonato Paranaense.

Mesmo diante da imponência do adversário, o técnico Tiago Nunes não quer forçar os seus atletas. Todos ainda serão reavaliados, mas Léo Pereira, Wellington e Lucho González são fortes candidatos a serem poupados, assim como Marco Ruben, que sequer participou do treino desta sexta-feira.

Por outro lado, o lateral-direito Jonathan e o zagueiro Paulo André, preservados nas duas partidas anteriores, podem voltar nos lugares de Madson e Lucas Halter, respectivamente. O lateral-esquerdo Renan Lodi segue de fora, convocado pela seleção olímpica. O clube protocolou um pedido de liminar, para a liberação do atleta, mas o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) não aceitou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.