Washington Alves/Vipcomm
Washington Alves/Vipcomm

Com time misto, Cruzeiro vence o lanterna Ipatinga pelo Mineiro

Resultado coloca equipe cruzeirense na terceira posição do campeonato, com nove pontos

AE, Agência Estado

19 de fevereiro de 2011 | 19h21

BELO HORIZONTE - O Cruzeiro não precisou de mais do que um time misto para vencer o Ipatinga neste sábado por 2 a 0 na Arena do Jacaré e se livrar de mais um fantasma, já que no ano passado o time do Vale do Aço eliminou a equipe celeste das semifinais do Campeonato Mineiro. No meio de semana, o Cruzeiro já havia arrasado seu algoz na final da Libertadores de 2009, o Estudiantes, por impiedosos 5 a 0.

Com a vitória, o Cruzeiro vai a nove pontos no Campeonato Mineiro e se recupera da derrota para o Atlético-MG no clássico do último domingo. Subiu ainda da terceira para a segunda posição do estadual, empatando em pontos com o rival, que lidera. Já o Ipatinga é o lanterna, com apenas um ponto em quatro rodadas.

Poupando Montillo, Roger, Gilberto, Henrique e Victorino, o Cruzeiro também não teve a presença de Gil e Léo, suspensos. Wallyson, titular contra o Estudiantes, começou no banco. Isso porque o Cruzeiro já pensa no jogo contra o Guarani do Paraguai, na terça, pela Libertadores.

Desfalcado, o Cruzeiro jogou mal no primeiro tempo. Quase não assustou o goleiro Raniere. Logo na volta do intervalo, porém, matou o jogo. O primeiro gol foi marcado aos 5 minutos, por Thiago Ribeiro, que chutou de fora da área e viu a bola entrar depois de bater no travessão.

Wallyson, que substituiu Everton, fez o segundo apenas três minutos depois. Ele recebeu de Marquinhos Paraná dentro da área, dominou e tocou no canto direito do gol do Ipatinga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.