Lucas Uebel/ Grêmio FBPA
Lucas Uebel/ Grêmio FBPA

Com time misto, Grêmio visita o Corinthians tentando encostar nos líderes

Equipe de Renato Gaúcho enfrenta o Guaraní, do Paraguai, na próxima quinta-feira pela Libertadores

Redação, Estadão Conteúdo

22 de novembro de 2020 | 14h57

Renato Gaúcho vai usar uma escalação alternativa na visita ao Corinthians, neste domingo, às 20h30, na Neo Química Arena. O Grêmio está com a cabeça nas oitavas de final da Copa Libertadores e tentará encostar nos líderes do Brasileirão, mesmo com alguns titulares sendo preservados.

O ataque, por exemplo, deve ser totalmente reserva em Itaquera. Diego Souza, Pepê e Ferreira podem ganhar um descanso. Churín será o centroavante. Luiz Fernando pode atuar na meia, com Everton sendo escalado mais adiantado.

O Grêmio apresentou o chileno Pinares na sexta-feira. E já pode promover sua estreia diante do Corinthians. Ele está à disposição e disputa uma vaga desde o início com Isaque.

Depois de defender a Colômbia nas Eliminatórias, Orejuela retorna à lateral direita. Kannemann, que estava com a Argentina, forma a zaga com David Braz. O estrangeiro está, suspenso na Libertadores e desfalca os gaúchos diante do Guaraní, quinta-feira, no Paraguai.

O Grêmio não perde faz 11 jogos, ganhou cinco dois últimos seis no Brasileirão e subiu para a sétima posição no começo da rodada. Com 33 pontos, a meta é somar mais três para colar nos primeiros colocados.

São cinco jogos de invencibilidade diante do Corinthians, sem nenhum gol sofrido. Em todos, Pedro Geromel era um dos zagueiros. Neste domingo ele também não joga. A missão de manter os ótimos números da defesa e o jejum recai em David Braz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.