Ricardo Duarte/Inter
Ricardo Duarte/Inter

Com titulares de volta, Inter retorna ao Beira-Rio e quer abrir vantagem na ponta

No topo com 16 pontos, equipe volta de uma sequência fora de casa sem perder e com a segunda melhor campanha como visitante

Redação, Estadão Conteúdo

06 de setembro de 2020 | 11h21

Depois de dois jogos fora de casa, o Internacional retorna ao Beira-Rio, onde enfrenta o Bahia neste domingo, às 16 horas, em duelo da oitava rodada. O líder do Brasileirão terá vários titulares de volta para abrir vantagem na primeira posição.

O Inter reforça sua posição de postulante ao título do Brasileirão a cada rodada. No topo da tabela, com 16 pontos, a equipe colorada volta de uma sequência fora de casa sem perder e com a segunda melhor campanha como visitante. Agora, terá dois jogos no Beira-Rio, onde tem 100% de aproveitamento, para fazer valer sua força e sustentar o primeiro posto.

O Inter vem de quatro jogos sem perder. Neste período, venceu três e empatou um, o último deles, contra o Palmeiras, por 1 a 1, em São Paulo. Na ocasião, marcou aos 46 minutos e levou o gol de empate dois minutos depois, marcado por Luiz Adriano, que foi revelado pela equipe.

No duelo no Allianz Parque, o técnico Eduardo Coudet sofreu com vários desfalques e resolveu poupar mais alguns titulares, como Thiago Galhardo, artilheiro do torneio, com cinco bolas na rede. Ele entrou no fim e fez de pênalti o gol da equipe. Agora, o treinador vai colocar o que tem de melhor à disposição, incluindo Galhardo, o grande protagonista do time nesta temporada.

O atacante Abel Hernández teve o seu nome registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF na sexta e está liberado para estrear. Pelo longo período de inatividade - não joga desde março - é pouco provável que o uruguaio comece jogando, mas é uma opção importante para o setor, que ficou muito desfalcado em razão das lesões de Paolo Guerrero, Yuri Alberto e William Pottker e da ausência de João Peglow, contaminado pela covid-19.

Além de Peglow, o zagueiro Lucas Ribeiro e o volante Rodrigo Lindoso também contraíram o coronavírus e seguem fora. Zé Gabriel, preservado por desgaste, deve voltar. No meio, o veterano D'Alessandro pode aparecer como titular. Os jovens Johnny e Praxedes foram bem contra o Palmeiras e também aparecem como alternativas.

O argentino Leandro Fernández, contratado nesta semana, ainda não foi regularizado. O lateral Moisés desfalca a equipe. Ele pertence ao Bahia e está fora por conta do acordo definido quando ocorreu a troca entre ele e Zeca. Sem Moisés, Coudet aguarda a liberação de Uendel, que aprimora a condição física após se recuperar de uma fascite plantar. A tendência é de que tenha que improvisar Matheus Jussa no setor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.