Ricardo Duarte / SC Internacional
Ricardo Duarte / SC Internacional

Com titulares, Internacional vence fácil o Pelotas pelo Campeonato Gaúcho

D'Alessandro brilha com duas assistências e um golaço de falta no Beira-Rio

Redação, Estadão Conteúdo

26 de janeiro de 2020 | 21h15

Na estreia do técnico Eduardo Coudet no Beira-Rio, o Internacional venceu o Pelotas, por 3 a 1, neste domingo à noite, pela segunda rodada do Campeonato Gaúcho. Desta vez usando seus titulares, o time da casa chegou aos seis pontos e segura a liderança do Grupo A, contra apenas um do Pelotas, na lanterna.

Na estreia, com os reservas, o Inter havia vencido o Juventude, por 1 a 0. O Pelotas tinha empatado sem gols com o Novo Hamburgo, na Boca do Lobo.

Apesar de ter tido quase 80% de posse de bola no primeiro tempo, o Inter apresentou duas atuações distintas. Até conseguir o gol, tentou impor pressão, usar a velocidade e atacar. Mas administrou a vantagem após o gol, num jogo típico de início de temporada.

O gol aconteceu aos 24 minutos, num lançamento perfeito do meia D'Alessandro para Edenilson. Ele ajeitou a bola com o pé esquerdo e, já na pequena área, tocou por baixo na saída do goleiro Douglas Silva. Dois minutos depois, devido ao forte calor, houve uma parada. Era a senha para que os colorados tirassem o pé.

Como o Pelotas não mostrou nenhuma disposição ofensiva, o Inter voltou para o segundo tempo mais adiantado. Assustou numa cabeçada de Victor Cuesta, aos oito minutos, que passou perto do travessão. Depois ampliou o placar, aos 14 minutos, numa bela cobrança de falta de D'Alessandro. Na "quina" da grande área, ele bateu de curva, encobriu a barreira e acertou o ângulo do goleiro.

O Pelotas teve uma chance real de forma involuntária. Aos 18 minutos, Hugo Sanches chutou, a bola desviou na defesa e tocou no rosto de Tadeu. A mudança de trajetória dificultou a defesa de Marcelo Lomba, que saltou e mandou a bola para escanteio.

Este lance causou susto e o Inter passou a atacar com o objetivo de definir o placar. O terceiro gol saiu aos 25 minutos. D'Alessandro cobrou escanteio do lado direito em curva e Paolo Guerrero subiu bem para testar de cabeça no canto direito do goleiro pelotense.

Com a fatura liquidada, D'Alessandro foi substituído por Thiago Galhardo aos 34 minutos, com direito a muitos aplausos da torcida e a um beijo no rosto do técnico Eduardo Coudet. O meia argentino continua sendo o maior ídolo da torcida aos 38 anos. Mas bastou um descuido para o Pelotas diminuir o placar. Wallacer cobrou escanteio no alto e o zagueiro Felipe Chaves subiu sozinho para cabecear no chão e vencer Lomba, fazendo 3 a 1.

O Inter volta a campo na quarta-feira, às 20 horas, quando enfrenta o São Luiz, em Ijuí. No mesmo dia e horário, o Pelotas vai receber o Ypiranga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.