Com título brasileiro distante, São Paulo foca na Sul-Americana

Na próxima quarta-feira, o São Paulo enfrenta o Atlético Nacional, em Medellin, pela semifinal da competição internacional

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

17 de novembro de 2014 | 07h00

Mesmo com a vitória sobre o Palmeiras por 2 a 0, os jogadores do São Paulo  já entendem que o título brasileiro está mais distante, até pelo tropeço da equipe no meio de semana, diante do Inter. Para Ganso, restou a Copa Sul-Americana. "Acabamos empatando com um erro gravíssimo de arbitragem que acho isso ajudou a diminuir nossas chances", diz.

Em casa, o São Paulo apenas empatou por 1 a 1 com o Internacional, que tinha muitos desfalques, e realmente foi prejudicado por um erro de arbitragem, que validou um gol em impedimento do adversário. Mas os são-paulinos sabem que não foi só isso que praticamente tirou o time da briga. "O Cruzeiro tem um jogo para fazer. Já passou, mas a gente errou muito em casa", continua Ganso.

O São Paulo perdeu pontos importantes diante de Figueirense, Criciúma e Chapecoense, por exemplo. Isso ajudou a afastar o time da briga pelo título. O Cruzeiro tem quatro pontos de vantagem e ainda tem uma partida a mais que o São Paulo para fazer. "A gente lamenta alguns pontos perdidos, mas isso é o Campeonato Brasileiro, que é sempre muito disputado", afirma Kaká.


O jogador acha que agora o time pode apostar suas fichas no torneio sul-americano. Na quarta-feira, o São Paulo enfrenta o Atlético Nacional, em Medellin, e caso avance na semifinal enfrentará o vencedor do duelo entre Boca Juniors e River Plate. "Tem a Sul-Americana para brigar por um título e temos de continuar da mesma forma no Brasileiro", frisa Kaká.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.