Martin Mejía / AFP
Martin Mejía / AFP

Com topo geral da Libertadores na mira, Roger exalta elenco e triunfo palmeirense

Técnico valoriza chance de decidir sempre em casa no mata-mata da competição, caso confirme primeiro lugar geral

Estadão Conteúdo

04 Maio 2018 | 08h42

Depois de ver o Palmeiras vencer o Alianza Lima por 3 a 1, no Peru, nesta quinta-feira à noite, e garantir por antecipação a liderança isolada do Grupo H da Copa Libertadores até o término desta fase da competição, o técnico Roger Machado exaltou a força do elenco alviverde, cuja equipe foi escalada com nove jogadores considerados reservas atualmente.

+ Tempo de mandato do presidente faz Palmeiras viver clima de 'guerra'

+ STJD mira desabafos de jogadores nas redes sociais

"Foi importante rodar o elenco e colocar jogadores que estavam descansados. Hoje (quinta-feira), com jogadores mais descansados, não tenha dúvidas de que foi importante para conseguirmos a vitória", afirmou o comandante, em entrevista coletiva, na qual também comemorou o fato de o time ter dado um importante passo para assegurar o topo geral deste estágio do torneio continental.

"Com essa vitória, nós nos colocamos como primeiro do grupo. É importante conquistar os pontos em casa na última rodada pois nos dá a condição de sermos o primeiro na classificação geral, que pode nos dar uma vantagem na sequência da competição", enfatizou o treinador, se referindo à possibilidade de o Palmeiras poder atuar sempre como mandante nas partidas de volta dos mata-matas que terá pela frente a partir das oitavas de final.

Já ao analisar mais especificamente a atuação palmeirense em Lima, Roger destacou o bom desempenho apresentado pela equipe na etapa inicial, na qual terminou em vantagem de 2 a 0, com gols de Willian e Hyoran, antes de ampliar com Borja no segundo tempo e o time peruano descontar com um gol de Cruzado.

"Foi um jogo franco, aberto e bem estudado. Imaginávamos fazer um bom jogo porque fizemos em casa também. Sabemos que o adversário, jogando em casa, nos daria espaços importantes para a gente conseguir fazer o nosso jogo. Ter tido superioridade, principalmente no primeiro tempo, foi muito importante", disse.

Com a vitória desta quinta, o Palmeiras chegou aos 13 pontos na liderança do Grupo H da Libertadores, na qual fechará a sua campanha nesta fase contra o Junior Barranquilla, da Colômbia, no dia 16 de maio, às 21h45, no Allianz Parque. Atual ponteiro geral da competição, o time alviverde só depende de si para terminar este estágio na frente de todos os outros clubes.

Antes de voltar a mirar este objetivo, o Palmeiras tem como seu próximo compromisso o duelo diante do Atlético-PR, domingo, às 16 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.