Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Com Toró, São Paulo aumenta opções de garotos da base no elenco

Atacante de 19 anos estreia como profissional e se junta a outras revelações vindas de Cotia

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2019 | 23h44

A estreia do São Paulo no Campeonato Brasileiro serviu para a torcida e para o técnico Cuca descobrirem mais um garoto talentoso surgido das categorias de base. O atacante de 19 anos estreou como profissional na vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo, sábado, no Morumbi, e mostrou para todos no clube que pode se juntar a antigos colegas de Cotia como candidato a revelação.

A equipe do Morumbi conta no elenco com um grupo de jogadores formados na base. Os volantes Luan e Liziero, o meia Igor Gomes e o atacante Antony se destacaram pelo time nos últimos meses, após trilharem nas equipes inferiores uma trajetória vitoriosa. O currículo faz os garotos terem bastante identificação com a torcida são-paulina.

Toró inicia um caminho parecido, pois no sábado teve uma estreia positiva no time principal. O jogador deixou o banco de reservas no segundo tempo contra o Botafogo, fez jogadas velocidades, quase fez gol e deixou a partida bastante movimentada. Pouco depois da entrada dele o São Paulo melhorou e chegou ao segundo gol, marcado por Hudson.

"Sempre trabalhei calado e procurei dar o melhor. Apesar de não estar indo para os jogos, sempre lutei para aproveitar a oportunidade da melhor maneira possível. Estou muito feliz com isso tudo que está acontecendo na minha vida", disse Toró após a partida. O atacante por pouco não deixou o São Paulo na última semana para assinar contrato de empréstimo com a Chapecoense.

Toró só não foi negociado porque depois de um treino no CT da Barra Funda, o auxiliar e irmão de Cuca, Cuquinha, ficou impressionado com o potencial do atacante e alertou que o empréstimo não deveria ser concretizado. "Tenho que agradecer ao Cuca e ao Cuquinha pela oportunidade de mostrar meu futebol, porque eu estava para ser emprestado para a Chapecoense, estava quase tudo certo, e eles vetaram minha ida", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.