Nelson Perez/Fluminense FC
Nelson Perez/Fluminense FC

Com tranquilidade, Fluminense goleia Bangu e segue 100% no Carioca

Henrique Dourado marca duas vezes e comanda vitória por 4 a 0 no estádio Los Larios

Thiago Rabelo, especial para a AE, Estadao Conteudo

12 Fevereiro 2017 | 19h10

No melhor estilo jogo-treino, o Fluminense não teve dificuldades para vencer o frágil Bangu por 4 a 0, neste domingo, no estádio Los Larios, em Duque de Caxias. O resultado pela quarta rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca, praticamente garante o time tricolor na liderança do Grupo C, com vantagem para a semifinal.

Com 12 pontos e 100% de aproveitamento nos quatro jogos que disputou, o Fluminense só perde a primeira colocação se perder para o Volta Redonda na rodada final e o Vasco vencer os dois jogos por goleada a ponto de tirar os 11 gols de saldo que separam os dois times. Eliminado sem ter conquistado nenhuma vitória, o Bangu é o lanterna da chave, com dois pontos.

Sem dificuldade alguma, o Fluminense precisou de quatro minutos para abrir o placar. Após tabelar com Wellington, Lucas cruzou para Henrique Dourado completar para o gol e fazer 1 a 0. Mais uma vez bem em campo, Sornoza quase ampliou. O equatoriano driblou Leonardo Luiz e chutou para a defesa de Márcio.

Aos 15, o meia fez boa jogada pela esquerda e rolou para Gustavo Scarpa finalizar e aumentar a vantagem: 2 a 0. Com o Bangu perdido em campo e sem mostrar resistência, não demorou para marcar o terceiro. Após confusão na área, Henrique Dourado aproveitou o vacilo da defesa e fez 3 a 0.

O forte calor em Duque de Caxias era o principal obstáculo tricolor na partida. Por isso, o time diminuiu o ritmo e só voltou a finalizar no fim do primeiro tempo, com Douglas. Já desmotivado com a fragilidade do Bangu, o meio de campo pouco apareceu após o terceiro gol. Aos 22, em uma das raras aparições na etapa final, Gustavo Scarpa chutou forte e o goleiro Márcio deu rebote. Com o gol livre, Douglas chutou para fora e perdeu o gol.

O Bangu ameaçou apenas uma vez, e por erro de Júlio César. Após cobrança de escanteio, o goleiro saiu mal e só não tomou o gol de Matheus Pimenta porque Lucas afastou a bola. Aos 32, o Fluminense teve a chance de fazer o quarto, com Osvaldo, que sofreu pênalti e cobrou, mas desperdiçou.

Criticado pela torcida pelo pênalti perdido, Osvaldo ainda se reabilitou na partida. Aos 40, Gustavo Scarpa cobrou escanteio e o atacante completou de cabeça: 4 a 0. Com o gol das pazes, a torcida só aguardou o apito final para aplaudir a tranquila vitória tricolor no Estadual.

Depois de se manter 100% no Campeonato Carioca, o Fluminense agora volta as suas atenções para a Copa do Brasil, na qual irá estrear contra o Globo-RN, na Arena das Dunas, em Natal, na quarta-feira, quando disputará o jogo único que valerá uma vaga na próxima fase da competição. Já o duelo contra o Volta Redonda está marcado para o próximo domingo, às 19h30, fora de casa, no Raulino Oliveira.

 

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 4 x 0 BANGU

FLUMINENSE - Júlio César; Lucas, Nogueira, Henrique e Léo; Douglas (Osvaldo), Orejuela (Luiz Fernando), Sornoza e Gustavo Scarpa; Wellington (Marcos Junior) e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

BANGU - Márcio; Denilson, Leonardo Luiz (Walker), Anderson Pena e Guilherme; Ives, Raphael Augusto, Leandro Chaves (Washinton) e Marcos Vinícius; Peralta (Matheus Pimenta) e Loco Abreu. Técnico: Eduardo Allax.

GOLS - Henrique Dourado, aos 4 e 21, e Gustavo Scarpa, aos 15 minutos do primeiro tempo; Osvaldo, aos 40 do segundo.

CARTÕES AMARELOS - Nogueira e Sornoza (Fluminense); Ives e Leonardo Luiz (Bangu).

ÁRBITRO - Daniel de Sousa Macedo.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.