Stefano Rellandini/Reuters
Stefano Rellandini/Reuters

Com três de Eto'o, Inter de Milão goleia Werder na Liga

Com a vitória em casa por 4 a 0, time assume a liderança do Grupo A, superando o Tottenham no saldo de gol

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2010 | 17h50

A Inter de Milão não deu chances ao Werder Bremen nesta quarta-feira e, com grande atuação de Eto'o e Sneijder, goleou por 4 a 0, no Giuseppe Meazza, pela Liga dos Campeões. O atacante camaronês balançou a rede por três vezes e se tornou o artilheiro da competição, com quatro gols.

Veja também:

blog  BATE-PRONTO - Eto’o brilha e Inter de Milão estraçalha Werder Bremen

link Lyon vence com 2 gols de Michel Bastos e lidera grupo

link Manchester bate o Valencia fora e lidera com o Rangers

link Barcelona segue sem conseguir vencer Rubin na Liga

link Copenhague bate Panathinaikos e lidera grupo do Barça

Com a vitória, o time italiano assumiu a liderança isolada do Grupo A, com os mesmos quatro pontos do Tottenham, que aplicou 4 a 1 no Twente Enschede, da Holanda. Os ingleses levam desvantagem no saldo de gols.

Atual campeã da Liga, a Inter se reabilitou do empate na estreia com uma grande apresentação diante de sua torcida. Abriu 3 a 0 ainda no primeiro tempo e praticamente definiu a vitória com dois de Eto''o, aos 22 e aos 27, e um de Sneijder, aos 34. No segundo tempo, o camaronês selou a vitória depois de driblar o goleiro e mandar para o gol vazio, aos 36 minutos.

Apesar da vitória, a equipe da casa ganhou duas preocupações para a sequência da temporada. O goleiro Julio Cesar, com dores na mão esquerda, e o zagueiro Lúcio, que sentiu a perna esquerda, precisaram ser substituídos no segundo tempo. O argentino Diego Milito nem chegou a entrar em campo, com um estiramento muscular. Foi substituído por Philipe Coutinho, que começou como titular.

Na Inglaterra, o Tottenham goleou o Twente Enschede por 4 a 1 e se manteve na segunda posição do Grupo A. Pavlyuchenko, em duas cobranças de pênalti, Bale e Van der Vaart marcaram os gols dos donos da casa. Apesar do gol, o atacante holandês foi o destaque negativo da partida. Ele desperdiçou uma penalidade quando o jogo estava empatado em 0 a 0, antes do intervalo, e foi expulso no segundo tempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.