Divulgação/ Palmeiras
Divulgação/ Palmeiras

Com três gols de Willian, Palmeiras goleia o Oeste no 'novo' Pacaembu

Enquanto time venceu com tranquilidade, torcedores reclamaram do preço dos serviços oferecidos no estádio que foi privatizado

João Prata, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2020 | 21h05

O Palmeiras goleou o Oeste por 4 a 0 nesta quarta-feira, no estádio do Pacaembu, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Willian, que voltou a ganhar chance entre os titulares, foi o destaque da partida com três gols. Gustavo Scarpa fez o outro, de pênalti, ainda no primeiro temo. Ele mesmo sofreu a falta dentro da área.

Com duas vitórias e um empate, o Palmeiras ocupa a segunda colocação no Grupo B, agora com sete pontos. O Santo André, com 100% de aproveitamento, lidera a chave com nove. Na próxima rodada, o clube alviverde visita o Red Bull Bragantino. O jogo está marcado para domingo, em Bragança Paulista, clube que lançou Luxemburgo no futebol de São Paulo, com seu primeiro bom trabalho. O Oeste encara a Ferroviária um dia antes, na Arena Barueri.

NOVO PACAEMBU

Enquanto o time palmeirense controlou a partida com tranquilidade, fora de campo o torcedor sofreu no primeiro jogo da nova administração do estádio - a gestão privada começou na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, sábado. As arquibancadas demoraram para ser tomadas devido lentidão das catracas na leitura do código de barras dos ingressos. O estacionamento, antes gratuito, passou a custar R$ 70. Dentro do estádio houve reclamações nas redes sociais por causa do preço dos serviços de alimentação e bebida. O setor das numeradas cobertas, agora administrado pelo Cinemark, vendia combos de hot-dog, batata frita e refrigerante por R$ 34. 

Com a bola rolando, o time foi bem. Vanderlei Luxemburgo optou por poupar alguns titulares, como Felipe Melo, Dudu e Luiz Adriano. Mesmo modificado, o Palmeiras tomou conta da partida e pressionou o adversário desde o início. O Oeste marcava somente em seu campo de defesa à espera do contra-ataque. Com dificuldades para entrar na área do adversário, Willian, Gustavo Scarpa e Gabriel Verón passaram a arriscar de longa distância. O gol saiu graças a um pênalti infantil da equipe do interior. Gustavo Scarpa estava sendo marcado pelo zagueiro, quando o volante Matheus Jussa passou por trás e derrubou o meio-campista. O próprio Scarpa bateu no meio do gol para fazer 1 a 0.

Na etapa final, o Palmeiras continuou superior e Willian tratou de transformar a magra vitória em goleada. Aos 14, ele dominou de costas, girou e bateu firme, cruzado, no ângulo do goleiro. Na sequência, aproveitou cruzamento da direita de Marcos Rocha e mandou para as redes. O terceiro veio após passe de Lucas Lima. O Palmeiras fez oito gols em três partidas do Estadual.  

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 4 X 0 OESTE

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Ramires, Zé Rafael e Lucas Lima (Raphael Veiga); Gustavo Scarpa (Wesley), Gabriel Veron e Willian. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

OESTE: Caíque França; Éder Sciola, Sidimar (Betinho), Bruno Bispo e Alyson; Mantuan, Matheus Jussa e Mazinho; Roberto, João Paulo (Fabrício Oya) e Marlon. Técnico: Renan Freitas.

Gol: Gustavo Scarpa, aos 36 minutos do primeiro tempo; Willian, aos 14, aos 20 e aos 35 minutos do segundo tempo.

Árbitra: Édina Batista.

Cartões amarelos: Zé Rafael (Palmeiras); Eder Sciola, Bruno Bispo e Marlon (Oeste).

Público: 14.748 pagantes. 

Renda: R$ 445.227,50.

Local: Pacaembu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.