Cesar Greco/SE Palmeiras, Pedro Souza/Atlético Mineiro e Evaristo Sá/AFP
Cesar Greco/SE Palmeiras, Pedro Souza/Atlético Mineiro e Evaristo Sá/AFP

Com três semifinalistas, Brasil garante vaga antecipada na final da Libertadores 2021

Palmeiras e Atlético-MG sobram contra adversários e vão brigar por um lugar na decisão do torneio. Na outra chave, Flamengo se classifica e vive expectativa de jogar Fla-Flu 

Rodrigo Sampaio, O Estado de S.Paulo

19 de agosto de 2021 | 10h44

O futebol brasileiro garantiu vaga na final da Copa Libertadores de forma antecipada nesta quinta-feira após o Atlético-MG levar a melhor sobre o todo poderoso River Plate e avançar à semifinal em jogo no Mineirão com torcida. O time de Belo Horizonte enfrenta o Palmeiras agora, que eliminou o rival São Paulo um dia antes. No fim de semana passado, os rivais se enfrentaram pelo Brasileirão em Minas e deu o time local: 2 a 0.

Melhor time na classificação geral da fase de grupos, a equipe mineira atropelou o time de Marcelo Gallardo, um dos favoritos ao título, por 3 a 0, com dois gols de Zaracho e um de Hulk. Os comandados de Cuca já haviam vencido o jogo de ida, em Buenos Aires, por 1 a 0. De quebra, o Atlético-MG registrou um feito histórico com o resultado. O atual líder do Campeonato Brasileiro se tornou a primeira equipe a eliminar River Plate e Boca Juniors na mesma edição da Libertadores. Não é pouco dada a tradição dos adversários argentinos.  

Primeiro brasileiro a se classificar para a semifinal, o Palmeiras carimbou a vaga ao deixar o São Paulo pelo caminho. O triunfo por 3 a 0 no Allianz Parque na terça-feira foi o primeiro do Alviverde sobre o rival na história da competição. No Morumbi, as equipes haviam empatado por 1 a 1. 

Palmeiras e Atlético-MG vão reeditar o duelo que valeu a liderança do Brasileirão para o time alvinegro no último sábado, dia 14, quando a equipe mineira venceu por 2 a 0. Ambos os gols foram marcados por Savarino. A partida foi marcada pelas expulsões de Patrick de Paula e do técnico Abel Ferreira pelo lado dos paulistas. A Libertadores nunca teve quatro times brasileiros nas semifinais. 

Flamengo pode ter clássico com o Fluminense

Na outra chave, o Flamengo aplicou um novo chocolate sobre Olimpia. O time carioca, que havia vencido o jogo de ida por 4 a 1 fora de casa, massacrou a equipe paraguaia por 5 a 1 nesta quarta. Fez nove gols no placar agregado. A partida, disputada no Mané Garrincha, em Brasília, teve como grande destaque o meia De Arrascaeta. O uruguaio participou de três dos cinco gols. Gabriel Barbosa balançou as redes duas vezes.

Agora, o Flamengo vive a expectativa de enfrentar o Fluminense na briga por uma vaga na finalíssima. O tricolor carioca encara o Barcelona de Guayaquil fora de casa nesta quinta-feira. Na ida, o time brasileiro empatou por 2 a 2 no Maracanã e vai precisar vencer no Equador para seguir para a próxima fase. Vale lembrar que as edições de 2019 da Libertadores foi vencida pelo Flamengo e a de 2020, pelo Palmeiras. Mais uma vez, clubes do Brasil podem se sagrar campeão da disputa sul-americana. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.