Reprodução / Instagram / @rr_tv
Reprodução / Instagram / @rr_tv

Com trombose venosa cerebral, Rodrigo Rodrigues passa por cirurgia no Rio

Apresentador da SporTV foi internado no sábado com sintomas da covid-19

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2020 | 10h07

O apresentador Rodrigo Rodrigues, de 45 anos, do Grupo Globo, passou por uma cirurgia para diminuição da pressão intracraniana após a equipe médica confirmar uma trombose venosa cerebral em um hospital do Rio e foi colocado em estado de coma induzido. O jornalista, apresentador do programa Troca de Passes, do SporTV, está internado desde a noite de sábado no hospital da Unimed, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Infectado pelo novo coronavírus há 15 dias, está afastado do trabalho desde então, mas sentiu-se mal e ao procurar atendimento, a equipe médica optou pela internação. O boletim divulgado pelo hospital e assinado pelo diretor médico Paulo Henrique Ribeiro Bloise explicou que Rodrigo Rodrigues precisou passar pela operação em uma tentativa de diminuir a pressão intracraniana.

"O Hospital Unimed-Rio informa que o paciente Rodrigo de Oliveira Rodrigues deu entrada em nossa emergência na noite do último sábado, 25/07/2020, apresentando como sintomas cefaleia, vômitos e desorientação, além de possuir diagnóstico prévio de covid-19. Após a confirmação de trombose venosa cerebral, foi realizado, neste domingo, 26/07/2020, um procedimento para diminuição da pressão intracraniana. Neste momento, encontra-se sedado e internado na unidade de terapia intensiva", diz.

Rodrigo Rodrigues apresentou o "Troca de Passes" pela última vez em 9 de julho. Ele possui passagens por diversos canais de TV, como SBT, TV Cultura, Band, Gazeta, ESPN Brasil e Esporte Interativo. E está no SporTV desde 2019.

A última vez que apresentou o programa no SporTV foi no dia 9 de julho. Desde então, ele é apresentado em rodízio por Karine Alves e Fred Ring. Neste domingo, em esquema de plantão, o Troca de Passes teve Carlos Cereto no comando da atração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.