Com tropeço do Arsenal, Chelsea retoma a ponta do Inglês

O Chelsea fez a lição de casa e ainda contou com um tropeço do Arsenal nesta quarta-feira para retomar a liderança do Campeonato Inglês. O time de Carlo Ancelotti derrotou o Birmingham por 3 a 0, no Stamford Bridge, enquanto o rival de Londres empatou com o Aston Villa por 0 a 0, fora de casa.

AE, Agencia Estado

27 de janeiro de 2010 | 20h29

Com a vitória, o Chelsea alcançou os 51 pontos e deixou para trás o Manchester United, que soma 50, e o Arsenal, agora com 49. O Chelsea, porém, tem um jogo a menos que os dois rivais (22 a 23). Já o Birmingham estacionou nos 33 e se manteve na oitava posição da tabela.

O 16.º triunfo do Chelsea no campeonato começou a ser definido logo nos primeiros minutos da partida. Aos 5, Malouda recebeu passe de Cole e abriu o placar. Com facilidade para chegar ao ataque, o time da casa ampliou antes do intervalo. Aos 32, Lampard finalizou de fora da área e marcou o segundo.

O domínio do Chelsea se manteve no segundo tempo. Os anfitriões comandavam o jogo com tranquilidade, exibindo maior posse de bola. O terceiro gol, porém, só veio no final da etapa. Lampard chutou de longe, novamente, e definiu a vitória do Chelsea.

Enquanto o isso, o Arsenal enfrentava maior dificuldade diante do Aston Villa, que chegou aos 37 pontos, na sétima colocação. As duas equipes fizeram uma partida equilibrada, com marcação reforçada e poucas oportunidades de gol.

VEJA TAMBÉM:
\"lista\" INGLÊS - Leia mais da competição
\"tabela\" INGLÊS - Tabela / Classificação
No primeiro tempo, Fábregas acertou a trave, enquanto Rosicky mandou a bola no travessão na segunda etapa. Do lado do Aston, Downing e Ashley Young tiveram grandes chances de gol, mas não conseguiram alterar o marcador.

Ainda nesta quarta, o Blackburn superou o Wigan Athletic por 2 a 1, em casa, com gols de Pedersen e Kalinic. Também diante de sua torcida, o Everton derrotou o Sunderland por 2 a 0. Cahill e o americano Donovan marcaram os gols dos anfitriões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.