Com tudo a favor, São Paulo busca final da Libertadores

Se não perder para o Chivas, às 21h45, no Morumbi, o São Paulo se classifica para a segunda final seguida da Copa Libertadores e fica perto de igualar a marca do time de Telê Santana, que venceu o torneio em 1992 e 1993. As equipes são muito diferentes, mas a possibilidade de conquista é semelhante, principalmente depois da vitória são-paulina por 1 a 0, no primeiro jogo, em Guadalajara.Para tentar igualar as glórias do passado, o time de Muricy Ramalho garante que não vai se acomodar com o teórico favoritismo. ?O São Paulo não sabe apenas se defender, mas precisamos ser inteligentes: marcar forte, sem dar espaços e sem fazer loucuras?, afirmou Muricy. ?O Chivas tem atacantes velozes e joga melhor fora de casa.?Os são-paulinos também terão de justificar o apoio de sua torcida - o Morumbi terá lotação máxima - e provar porque são os atuais campeões. ?A camisa do São Paulo tem história, somos respeitados em qualquer país que vamos jogar?, afirma o zagueiro Lugano. ?Estamos confiantes e vamos dar a vida para chegar à final.?Fabão e Edcarlos formarão a zaga com Lugano - André Dias ainda não resolveu a pendência judicial com o Goiás. Eles repetem o trio campeão mundial contra o Liverpool, e prometem atuação tão boa quanto a da primeira semifinal. ?Precisamos ter atenção e lembrar que se não sofrermos gols, estaremos na final?, raciocinou Fabão.Ao ataqueO poder ofensivo também motiva o São Paulo diante do Chivas. Além da ótima média de gols do time em 2006, Ricardo Oliveira busca o primeiro gol pelo clube na Libertadores. ?O empate nos favorece, mas vamos tentar fazer o resultado?, disse o jogador. ?Quero muito conquistar esse título, porque cheguei perto, em 2003?, lembra Ricardo Oliveira , que perdeu a decisão para o Boca Juniors, da Argentina, quando defendia o Santos. Ficha técnica:São Paulo x ChivasSão Paulo: Rogério Ceni; Fabão, Lugano e Edcarlos; Souza, Mineiro, Josué, Danilo e Júnior; Leandro e Ricardo Oliveira. Técnico: Muricy Ramalho.Chivas: Sánchez; Rodríguez, Reynoso, Magallón e Pineda; Esparza, Morales, Araújo e Rodríguez; Bautista e Bravo. Técnico: Manuel de la Torre.Árbitro: Daniel Giménez (Argentina) Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP) Horário: 21h45 Transmissão: Globo e Sportv

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.