Divulgação/Botafogo-SP
Divulgação/Botafogo-SP

Com um a mais, Botafogo-SP vence Avaí fora de casa na Série B

Esta é o primeiro triunfo da história do time de Ribeirão Preto contra a equipe catarinense

Redação, Estadão Conteúdo

18 de agosto de 2020 | 21h36

Em jogo com muitas bolas na trave, o Botafogo-SP conseguiu superar a boa atuação do goleiro Lucas Frigeri para bater o Avaí por 1 a 0, na noite desta terça-feira, no estádio da Ressacada, pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Esta foi o primeiro triunfo da história do time de Ribeirão Preto contra a equipe catarinense.

Na Série B, Avaí e Botafogo-SP se enfrentaram apenas uma vez. Na ocasião, o clube de Florianópolis goleou por 6 a 0, em 2002. Eles duelaram também na extinta Copa João Havelange, jogo que terminou empatado por 0 a 0. Para o duelo desta terça-feira, o clube paulista superou desfalques por lesões e caos de coronavírus.

O resultado acabou deixando o time visitante com seis pontos, brigando por um lugar dentro do G4. O Avaí, por outro lado, conheceu seu segundo revés consecutivo, ficando assim com três pontos, no meio da tabela.

O primeiro tempo foi de domínio total do Botafogo. O clube paulista poderia ter liquidado a fatura nos 45 minutos iniciais, mas esqueceu de combinar com o goleiro Lucas Frigeri, principal destaque do jogo, e com a trave. O primeiro a Paar nela foi Wellington Tanque. O atacante aproveitou uma recuada errada de Sallinas e carimbou o poste.

Antes, Luketa já havia desperdiçado uma grande oportunidade. Ele recebeu com o gol aberto, mas pegou de tornozelo e errou o alvo. Aos 25 minutos, o Botafogo quase marcou em uma jogada plástica de Rafinha. Ele tentou a bicicleta e acertou a trave. Logo depois, o atacante parou em um milagre de Lucas Frigeri.

A situação do clube catarinense era ruim, mas piorou quando Arnaldo derrubou Luketa e acabou sendo expulso, aos 39 minutos. Rafinha cobrou a falta e mandou, de novo, na trave. Lucas Frigeri ainda fez mais duas grandes defesas para assegurar o zero no placar. Pelo lado do Avaí, uma única chance. Antes do apito final, Jonathan arriscou de longe e carimbou o travessão.

O Avaí voltou para o segundo tempo com uma postura mais cautelosa, mas Frigeri enfim foi superado. Aos 19 minutos, Elicarlos soltou o pé de fora da área e mandou rasteiro, sem chance para o goleiro. A resposta veio em tentativa de gol olímpico de Valdívia. A bola foi na rede pelo lado de fora.

Após o gol, o Avaí precisou se abrir e jogou o Botafogo para o campo da defesa. O goleiro Lucas Frigeri chegou até mesmo ir para a área adversária, mas não conseguiu impedir a derrota na Ressacada. Melhor para o Botafogo, que venceu o seu segundo jogo como visitante na temporada dos dez que fez até o momento.

Na próxima rodada, o Avaí enfrenta o Cuiabá no sábado, às 11h, na Ressacada, em Florianópolis (SC). No mesmo dia, às 16h30, o Botafogo recebe o Figueirense no Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 0 X 1 BOTAFOGO-SP

AVAÍ - Lucas Frigeri; Arnaldo, Rafael Pereira, Victor Sallinas e Capa; Ralf (Wesley), Bruno Silva e Valdívia; Renato (Jonathan), Gastón Rodríguez (Emerson Tuvão) e Kelvin (Iury). Técnico: Geninho.

BOTAFOGO-SP - Darley; Valdemir, Robson, Jordan e Guilherme Romão; Ferreira (Edson Júnior), Elicarlos (Jonata Machado) e Jeferson; Luketa (Gabriel Calabres), Wellignton Tanque e Rafinha (Murilo Oliveira). Técnico: Claudinei Oliveira.

GOLS - Elicarlos, aos 19 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN).

CARTÕES AMARELOS - Bruno Silva e Iury (Avaí); Elicarlos (Botafogo).

CARTÃO VERMELHO - Arnaldo (Avaí).

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.