Tobias Schwarz/AFP
Tobias Schwarz/AFP

Com um a menos, Bayern segura o empate na visita ao Shakhtar

Xavi Alonso é expulso aos 20 minutos do segundo tempo, mas bávaros conseguem garantir o 0 a 0 e decidem a vaga em Munique

Estadão Conteúdo

17 de fevereiro de 2015 | 20h04

Time das grandes goleadas no futebol europeu, o Bayern de Munique teve que se contentar nesta terça-feira com um empate morno, sem gols, diante do Shakhtar Donetsk. Na Ucrânia, em Lviv, os alemães acabaram prejudicados com a expulsão de Xabi Alonso aos 20 minutos do segundo tempo, mas ainda assim conseguiram segurar os donos da casa na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

Com o resultado, os bávaros dependem de uma vitória simples na volta, dia 11 de março, em Munique, para irem às quartas de final. O Shakhtar, por sua vez, perdeu uma grande chance de construir vantagem e precisará, no mínimo, de um empate com gols na Alemanha se quiser se classificar.

Donos de dois dos melhores ataques da primeira fase, Shakhtar e Bayern, desta vez, fizeram uma partida bastante morna. O frio intenso na cidade de Lviv, que chegou a registrar -5ºC, pareceu contagiar os jogadores. O duelo só esquentou em jogadas mais duras. Em algumas oportunidades, o brasileiro Douglas Costa chegou a se desentender com Ribery e acabou recebendo o amarelo.

Mas o lance que definiu o destino da partida foi mesmo a expulsão de Xabi Alonso, que recebeu o segundo amarelo por falta em Alex Teixeira. Isto aconteceu quando o Bayern era superior e havia perdido boa chance no início da etapa final, justamente com Xabi Alonso, que ficou reclamando de pênalti no lance.

Na etapa inicial, Schweinsteiger, de voleio, e Robben tiveram bons momentos. O próprio Robben foi o responsável pela melhor chance do jogo, aos 10 minutos, quando arrancou e bateu cruzado, mas a bola não pegou força e a zaga conseguiu afastar antes que ela entrasse. A partir da expulsão, no entanto, o Bayern se fechou, preocupado em garantir o empate.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.