Com um a menos, São Paulo empata com o Universitário

Sem mostrar nenhum brilho na noite desta quarta-feira, o São Paulo parou na boa defesa do Universitário e empatou sem gols, em Lima, no Peru, na partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. O time brasileiro atuou os últimos 30 minutos do jogo com um jogador a menos, por causa da expulsão de Richarlyson.

AE, Agência Estado

28 de abril de 2010 | 21h54

O tropeço, porém, não preocupa o São Paulo, que jogará por uma vitória simples, diante de sua torcida, no Morumbi, na próxima terça, às 19h30. Se conseguir a classificação, o time brasileiro terá pela frente nas quartas de final o vencedor do duelo entre Cruzeiro e Nacional-URU.

Diante da melhor defesa da Libertadores, o São Paulo entrou em campo com uma formação mais ofensiva. Marlos, Dagoberto e Washington comandaram as ações no ataque da equipe. E, assim, o time criou duas chances claras de gol logo no início.

A primeira aconteceu aos seis minutos, quando Cicinho arriscou chute de fora da área e a bola bateu na trave direita. Já a segunda foi aos 28, com Marlos. Ele driblou o goleiro, mas demorou muito para dar sequência a jogada e, quando optou pelo passe para Washington, cruzou nos pés do goleiro Llontop.

Rogério Ceni, que completou seu jogo de número 900 com a camisa do São Paulo, foi mero espectador na primeira etapa, tendo apenas o trabalho de orientar o setor de marcação são-paulina, que aparenta estar novamente em sintonia, mesmo com a entrada de Jean na lateral-direita, no lugar do machucado Cicinho.

Mas, no segundo tempo, o São Paulo passou a abdicar do ataque e se contentou em se defender, principalmente depois da expulsão de Richarlyson, aos 20 minutos. O técnico Ricardo Gomes decidiu sacar Marlos para recompor o setor defensivo com Júnior César. No final, o treinador tirou Washington, que pouco produziu, para a entrada de mais um zagueiro, Renato Silva, recuperado de lesão.

Mesmo com a tentativa de fechar a equipe, Ricardo Gomes viu o São Paulo criar as duas únicas chances no segundo tempo, após a saída de Marlos. Uma num chute de Miranda, quando a bola só não entrou porque a zaga adversária estava atenta, e outra numa cabeçada de Rodrigo Souto, exigindo boa defesa do goleiro Llontop, garantindo o empate no primeiro embate entre os dois times.

Ficha Técnica:

Universitário-PER 0 x 0 São Paulo

Universitário - Llontop; Carmona (Torres), Galván, Revoredo e Rabanal; Rainer Torres, González (Hernandez), Espinoza e Vázquez (Ruidiaz); Píriz Alves e Alva. Técnico: Juan Reynoso.

São Paulo - Rogério Ceni; Cicinho (Jean), Alex Silva, Miranda e Richarlyson; Rodrigo Souto, Hernanes, Jorge Wagner e Marlos (Júnior César); Dagoberto e Washington (Renato Silva). Técnico: Ricardo Gomes.

Cartões amarelos - Alva, Espinoza, Rainer Torres, Rabanal (Universitário); Richarlyson, Jean, Dagoberto (São Paulo).

Cartão vermelho - Richarlyson (São Paulo).

Árbitro - Saúl Laverni (ARG).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Monumental, em Lima (PER).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.