Com um a menos, Vila Nova-GO vence América-MG no Serra Dourada

Time goiano está na briga pelas primeiras posições da Série B

O Estado de S.Paulo

09 de junho de 2017 | 23h38

Mesmo com um jogador a menos desde a metade do primeiro tempo, o Vila Nova-GO venceu o América-MG por 2 a 0, nesta sexta-feira, no Serra Dourada, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.


O time goiano está na briga pelas primeiras posições e fechou o dia na liderança, com 11 pontos, igualado ao Juventude, que ainda vai atuar, sábado, diante do Boa, em Varginha (MG). O América-MG continua com oito pontos, por enquanto, em 11.º lugar.


O Vila Nova-GO precisou de apenas dois minutos de bola rolando para abrir o placar. Em um lançamento para a esquerda, Wallyson saiu da grande área e conseguiu o domínio. Ele acionou Alípio, que encontrou Alan Mineiro na marca do pênalti e já recebeu de volta. O camisa 11 saiu na cara do gol e bateu no contrapé de João Ricardo, que nada pôde fazer.


A bola na rede logo nos primeiros minutos foi perfeito para o time da casa ganhar confiança e fechar a marcação. Tudo corria bem, até os 23 minutos, quando o goleiro Elisson recebeu uma bola recuada, mas errou o domínio. Bill apareceu para roubar e o goleiro se viu obrigado a fazer a falta. O árbitro entendeu que era uma chance clara de gol para o América-MG, marcando pênalti e expulsando o infrator. O atacante Wallyson foi sacrificado para a entrada de Wendel, goleiro reserva.


Mesmo com um jogador a mais, o time mineiro não conseguiu encontrar espaço na marcação. Sorte que teve muito tempo para conversar no intervalo. Isso porque uma das torres de iluminação do Serra Dourada apagou e o recomeço do jogo atrasou por mais de 40 minutos. De acordo com o delegado da partida, o gerador superaqueceu e teve que ser desligado para resfriar.


Depois de muito espera, a bola voltou a rolar. Com 12 minutos, o América-MG foi para as redes, mas o trio de arbitragem invalidou o lance. Ruy cobrou escanteio pela direita, a bola ficou viva dentro da pequena área e acabou no fundo das redes. Mas, de acordo com o assistente, na meio da confusão houve falta no goleiro Wendell, do Vila Nova.


Quando o time mineiro estava melhor, pressionando em busca do empate, foi o Vila Nova que conseguiu encaixar um contra-ataque e liquidar a partida. Aos 44 minutos do segundo tempo, Geovane aproveitou um rebote dentro da pequena área e só escorou contra João Ricardo, que estava caído.


A próxima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro está marcada para a próxima terça-feira. O América-MG recebe o Internacional no Independência, em Belo Horizonte, às 21h30. Mais cedo, às 20h30, o Vila Nova vai até Maceió para enfrentar o CRB no Estádio Rei Pelé.


FICHA TÉCNICA:

VILA NOVA-GO 2 x 0 AMÉRICA-MG


VILA NOVA-GO - Elisson; Maguinho, Wesley Matos, Brunão e Gastón Filgueira; Geovane, PH, Alan Mineiro (Jajá) e Alípio (Vinícius); Matheus Anderson e Wallyson (Wendell). Técnico: Hemerson Maria.


AMÉRICA-MG - João Ricardo; Christian Sávio, Messias (Hugo Almeida), Rafael Lima e Ernandes; Willian, Rafael Jataí (Renan Oliveira), Gerson Magrão e Ruy; Felipe Amorim (Hugo Cabral) e Bill. Técnico: Enderson Moreira.


GOLS - Alípio, aos dois minutos do primeiro tempo. Geovane, aos 44 minutos do segundo tempo.


ÁRBITRO - Andrey da Silva Silva (PA).


CARTÕES AMARELOS - Alan Mineiro e PH (Vila Nova); Bill (América-MG).


CARTÃO VERMELHO - Elisson (Vila Nova).


RENDA - R$ 38.435,00.


PÚBLICO - 2.682 pagantes (3.550 total).


LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Tudo o que sabemos sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.