Ari Ferreira/ Red Bull Bragantino
Ari Ferreira/ Red Bull Bragantino

Com vaga em competição sul-americana na mira, Bragantino recebe o Flamengo

Equipe de Bragança Paulista perdeu apenas um dos últimos sete compromissos pelo Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

07 de fevereiro de 2021 | 13h48

Vivendo grande momento e contando com a fase iluminada do meia-atacante Claudinho, autor de 17 gols e seis assistências em 31 partidas do Campeonato Brasileiro, o Red Bull Bragantino recebe o Flamengo, em jogo válido pela 35.ª rodada, às 20h30 deste domingo, no estádio Nabi Abi Chedid.

"É um desafio enorme, muito grande. A gente sabe o tamanho e a dimensão do clube que a gente vai enfrentar. Eles vêm em um bom momento. Vamos observar o Flamengo, fazer uma análise e tentar fazer as melhores escolhas, tomar boas decisões, para fazer um grande jogo em casa. A gente sabe que é um desafio muito grande, mas tenho certeza que o Flamengo também tem ciência de que vai enfrentar um grande adversário pela frente", analisou o técnico Maurício Barbieri.

Para este confronto, não há desfalques para o treinador, cujo contrato deve ser estendido até o final de 2022 por conta de uma cláusula que garante o aumento de vínculo em caso de permanência na Série A.

Isso significa, portanto, que o comandante poderá utilizar a mesma escalação que recebeu e venceu o Atlético-GO, por 2 a 0, na quarta-feira. Com 47 pontos, o Bragantino está perto da vaga à próxima Sul-Americana, mas segue sonhando em ir à Copa Libertadores.

"Em relação aos objetivos, a gente está com o foco grande de assegurar essa vaga à Copa Sul-Americana. Isso não é concorrente a um sonho maior que seria a Libertadores. Na verdade, quanto melhor a gente fizer o trabalho de assegurar a Sul-Americana, mais próximos nós estamos desse objetivo que seria uma recompensa especial para a gente lá na frente", encerrou Barbieri.

O treinador também tem duas novas opções. O meia Lucas Evangelista, que entrou em processo de transição após lesão, e o zagueiro Fabrício Bruno, que cumpriu isolamento após ser diagnosticado com covid-19, mas ainda não treinou. Ambos, porém, não são titulares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.