Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Com vantagem e boa sequência, Grêmio decide vaga nas quartas contra o Guaraní-PAR

Equipe de Renato Gaúcho demorou para embalar na temporada, mas agora está invicta há 14 partidas e sonha com a conquista do tetra

Redação, Estadao Conteudo

03 de dezembro de 2020 | 07h41

Nesta quinta-feira, às 21h30, o Grêmio recebe o Guaraní do Paraguai para o jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Com a vantagem de 2 a 0 conquistada fora de casa no confronto de ida, o time brasileiro aposta em mais um bom resultado para avançar às quartas da competição continental. A equipe de Renato Gaúcho demorou para embalar na temporada, mas agora está invicta há 14 partidas e sonha com a conquista do tetra sul-americano.

Campeão da Libertadores em 2017, o clube gaúcho foi semifinalista da competição nas últimas duas edições do torneio e agora também vem se recuperando no Campeonato Brasileiro, no qual ocupa a sétima posição, mesmo com um jogo a menos do que a maioria dos concorrentes. Entretanto, apesar da vantagem frente ao rival desta quinta, é preciso ficar atento Guaraní na partida disputada na Arena do Grêmio.

O time paraguaio já eliminou o Corinthians duas vezes no torneio continental - neste ano, nas fases preliminares, e em 2015, nas oitavas. Além disso, o zagueiro gremista Walter Kannemann,em recuperação de dores musculares, ainda é dúvida.

O argentino foi liberado pelo departamento médico, mas não se sabe se terá condições de jogo. Kannemann não atua pelo Grêmio desde 5 de novembro, em duelo com o Juventude, pela Copa do Brasil. E a sua vaga é disputada por David Braz e Rodrigues.

Renato tem outras três dúvidas para escalar o Grêmio: Victor Ferraz e Orejuela disputam para saber quem jogará na lateral direita, Maicon e Darlan duelam por uma vaga no meio-campo, enquanto Diego Souza pode perder a posição no ataque para Churín. Os desfalques confirmados do Grêmio são o lateral-direito Leonardo Gomes, o zagueiro central Paulo Miranda e o meia-atacante Alisson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.