Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Com veteranos em xeque, Corinthians usa reformulação para analisar elenco

Clube reprova desempenho de medalhões e admite abrir mão de altos salários em troca de aquisições pontuais e mais em conta

Toni Assis, O Estado de S.Paulo

08 de abril de 2021 | 12h30

Vagner Mancini e a comissão técnica do Corinthians vêm fazendo um verdadeiro laboratório nesses treinamentos realizados no CT do clube durante a paralisação do Campeonato Paulista com o objetivo de otimizar o elenco e torná-lo mais competitivo visando o Brasileirão. Assim, nomes de peso que não estão rendendo o esperado podem não ter o contrato renovado e, por consequência, aliviar a folha de pagamento do futebol. Os meias Otero e Cazares têm contratos até o meio do ano e eles podem deixar o Parque São Jorge.

O desafio da diretoria é complicado: tentar montar um time competitivo dentro da realidade financeira do Corinthians. O desafogo em renovação de contratos com altos salários significa também a possibilidade de centrar foco em uma ou duas contratações pontuais, que possam, de fato, encorpar a equipe. Os medalhões não estão dando retorno.

O rendimento abaixo do esperado de atletas do calibre de Luan e Jô já foram diagnosticados pelo treinador corintiano principalmente nos jogos das fases iniciais da Copa do Brasil e também nas rodadas do Campeonato Paulista disputadas até antes da paralisação. Mancini mandou recado direto para Casares.

"Ele teve lesão e quando voltou não conseguiu ter a mesma agressividade, a mesma entrega nas partidas. Quando recuperar a forma física, vai ter totais condições de jogar novamente. Isso tem de valer para todos os jogadores. Tem de entregar o que o torcedor espera, aplauda", afirmou Mancini para a rádio Bandeirantes. Desta forma, a comissão técnica vem dando mais atenção a jogadores que se destacaram na base para ajustar o elenco. Para isso, Mancini vem tendo a ajuda do ex-jogador Danilo como orientador da equipe de transição do clube.

Tudo o que sabemos sobre:
Vagner ManciniCorinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.