Com volante suspensos por doping, Argel testa Inter com três zagueiros

O técnico Argel conta com duas ausências importantes na reta final do Campeonato Brasileiro. Os volantes Nilton e Wellington foram pegos em exames antidoping e estão suspensos preventivamente por 30 dias. Por isso, o treinador vai ter que mexer no time a alterar o sistema de marcação.

Estadão Conteúdo

11 Novembro 2015 | 19h48

Nesta quarta-feira, pela primeira vez Argel fez testes sem os dois volantes. Em uma atividade de ataque contra defesa, montou o Inter com três zagueiros: Paulão, Juan e Ernando. William atuou pela direita e Artur pela esquerda.

Inicialmente o time montado tinha Anderson como único volante, mas a ideia não durou muito e logo o ex-gremista deu lugar ao uruguaio Nico Freitas, que treinou a maior parte do tempo nesta posição.

Ao longo da atividade desta tarde no CT do Parque Gigante, Argel ainda fez outros testes, como a entrada de Réver no lugar de Juan e a formação da defesa com quatro jogadores em linha - Ernando foi deslocado para a lateral-esquerda, no lugar de Artur.

De qualquer forma, o Inter ainda tem mais uma semana para treinar até enfrentar a Chapecoense, quinta-feira, na Arena Condá, em Santa Catarina. Valdivia, na seleção olímpica, e Alisson, com a seleção principal, devem voltar a tempo de jogar.

Mais conteúdo sobre:
futebol Inter Brasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.