Reuters/Carl Recine
Reuters/Carl Recine

Com volta de Cahill, Conte promete escalar força máxima no Chelsea nesta terça

Time londrino é o líder da competição com 75 pontos

Estadao Conteudo

24 de abril de 2017 | 17h54

O Chelsea deverá ter força máxima para o duelo diante do Southampton, nesta terça-feira, em Stamford Bridge, em jogo da 34ª rodada do Campeonato Inglês. O time londrino é o líder da competição, com 75 pontos, quatro à frente do Tottenham, na segunda posição.

O técnico Antonio Conte está confiante de que os jogadores estão em boa forma mesmo após jogos decisivos por competições simultâneas. No fim de semana, o Chelsea bateu o rival Tottenham, em casa, por 4 a 2, em partida válida pelas semifinais da Copa da Inglaterra. Gary Cahill, que não participou do jogo por motivo de lesão, deverá retornar à equipe.

"Gary ontem (domingo) treinou conosco e também hoje. É normal checar as suas condições e também quero falar com ele amanhã antes de tomar a decisão. Ficarei muito feliz se ele puder jogar, mas também quero destacar o desempenho de Nathan Ake (como substituto do defensor titular contra o Tottenham). Fiquei satisfeito pela sua performance. Ele jogou muito bem e é muito importante para nós", destacou o treinador do Chelsea.

Conte garantiu que não teve problemas com novas lesões depois da vitória sobre Tottenham pela Copa da Inglaterra. E disse que reconhece a expectativa que cada jogador tem de atuar sempre. O treinador descreveu como normal a reação de Hazard e Diego Costa, destaques da temporada, que podem não iniciar o jogo em Wembley.

"Tenho outro dia para decidir o nosso melhor 11, mas eles estão em boas condições e em boa forma, e com certeza amanhã espero ver um bom desempenho de todos os meus jogadores. Quando você tem que jogar este tipo de jogo, é muito importante tentar encontrar a melhor solução, para dar o equilíbrio certo em nossa equipe para jogar estes jogos nestes dias", acrescentou o técnico do Chelsea.

Antonio Conte também destacou a qualidade do Southampton, adversário desta terça-feira, em especial do atacante Manolo Gabbiadini, com quem teve contato quando treinava a seleção italiana.

"Ele é um jogador muito talentoso, com um pé esquerdo fantástico, um dos melhores do mundo, porque é incrível a maneira como ele chuta a bola. Temos de prestar muita atenção e com certeza tenho de conversar com os meus jogadores e com o meu treinador de goleiros para dar conselhos sobre este jogador. Mas também Tadic é um grande talento, Redmond, Ward-Prowse, Bertrand... Eles (Southampton) têm um monte de bons jogadores", analisou Conte.

O Chelsea está pressionado no Inglês pela proximidade do segundo colocado, Tottenham, que ainda joga na rodada - na quinta-feira, o time enfrentará o Leicester City, fora de casa. Já o Southampton ocupa a nona colocação do Inglês, com 40 pontos, junto com o Watford. O time visitante não vislumbra mais vagas nas competições europeias e também ocupa uma posição confortável em relação ao rebaixamento para a segunda divisão inglesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.