Carlso Gregório Jr. / vasco.com.br
Carlso Gregório Jr. / vasco.com.br

Com volta de titulares, Vasco recebe Macaé e busca primeiros pontos na Taça Rio

Dupla de zaga do cruzmaltino será formada por Paulão e Erazo; Pipico está no time do interior fluminense

Estadão Conteúdo

01 Março 2018 | 08h06

Após atingir o objetivo de avançar à fase de grupo da Copa Libertadores, o Vasco retorna suas atenções para o Estadual. Em jogo adiado da primeira rodada da Taça Rio, que equivale ao segundo turno do Campeonato Carioca, o time comandado por Zé Ricardo deve ter força máxima nesta quinta-feira, quando recebe o Macaé, às 19h30, no estádio de São Januário.

+ Andrés Ríos diz entender críticas no Vasco: 'Primeira cobrança vem de mim'

+ Em jejum de gols no Vasco, Riascos promete que 'fase vai passar'

Com um time reserva, o cruzmaltino foi derrotado pela Portuguesa no último domingo, por 1 a 0, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita. Já o Macaé empatou em casa com o Bangu no sábado, por 2 a 2, em pleno Moacyrzão. Ambos os confrontos foram válidos pela segunda rodada. O Vasco ainda não pontuou no Grupo B, fato que lhe rende a quarta colocação no momento, enquanto o time alvianil é o quinto no Grupo C, com um ponto.

Na última segunda-feira, Zé Ricardo completou seis meses à frente do Vasco, feito que quase foi interrompido devido a uma proposta do Al Ahli, dos Emirados Árabes, recusada pelo treinador, que preferiu seguir no clube por acreditar no projeto, descartando um salário amplamente superior.

Uma vitória diante do Macaé seria o presente ideal para o comandante, que deve escalar força máxima. A única alteração deve ser na dupla de zaga, que passará a ser formada por Paulão e Erazo. Com a missão de trazer mais consistência nas jogadas áreas, o equatoriano entra na vaga de Ricardo.

"Treinamos sempre para mostrar que temos condições e qualidade. É muito difícil jogar a Libertadores, se trata de uma competição totalmente diferente das outras, mas não podemos esquecer o Carioca. Precisamos estar atentos, melhorar as coisas que fizemos de errado e aprimorar o que apresentamos de positivo. Posso garantir que quem estiver em campo irá dar tudo que tiver de melhor. Tratamos sempre o próximo jogo como o mais importante", disse o atacante Andrés Ríos, em entrevista coletiva, demonstrando estar focado em reabilitar o time no Estadual.

Goleiro e referência dentro do elenco comandado por Josué Teixeira, o goleiro Luis Cetin afirma que o Macaé vai manter seu estilo, sem temer o grande carioca. "Não vamos mudar nossa a forma de jogar, independente de qual formação que o Vasco coloque em campo. É preciso respeito, mas também personalidade", raciocinou.

Atleta do Vasco em 2012, ano que não recebeu muitas oportunidades, Pipico vive um grande momento pelo Macaé, sendo o artilheiro do Campeonato Carioca até agora, com cinco gols. Entretanto, ele declarou que não guarda mágoa do cruzmaltino, mas que pretende mostrar o seu valor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.