Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Com Wesley em campo, Palmeiras supera Atibaia em jogo-treino

Atividade contou apenas com jogadores que não enfrentaram o Santos, no domingo

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

24 de março de 2014 | 18h25

SÃO PAULO - Com a participação de Wesley entre os titulares, o Palmeiras venceu o Atibaia, da quarta divisão do Campeonato Paulista, por 2 a 0, em jogo-treino realizado nesta segunda-feira, na Academia de Futebol. A atividade contou apenas com jogadores que não enfrentaram o Santos, no domingo.

Wesley está recuperado de dores na coxa direita que fizeram ele desfalcar a equipe nos últimos quatro jogos. O volante participou de todo o primeiro tempo do jogo-treino e de parte da segunda etapa. Outro titular que esteve na atividade foi o lateral-direito Wendel, poupado contra o Santos por estar pendurado com dois cartões amarelos.

O Palmeiras começou o jogo-treino com Fábio; Wendel, Wellington, Victorino e William Matheus; Renato, Wesley, Mazinho e Mendieta; Miguel e Vinícius. A primeira parte da atividade acabou sem gols.

No segundo tempo, o time foi a campo com Vinícius; Wendel, Wellington, Victorino e William Matheus; Josimar, Wesley, Felipe Menezes e Mendieta; Serginho e Rodolfo. O técnico Gilson Kleina fez algumas mudanças na etapa final para dar ritmo de jogo para todos os atletas. Felipe Menezes abriu o placar e Serginho ampliou a vantagem.

Enquanto isso, os titulares ficaram fazendo trabalho de recuperação muscular. Diogo fez um trabalho tático separado, sob a supervisão do preparador físico Thiago Santi e França ficou fazendo tratamento contra dores na panturrilha esquerda. Fernando Prass, que foi liberado do clássico para resolver assuntos particulares, participou normalmente do treino, em outro campo, e deve retornar ao time na partida contra o Bragantino, quinta-feira, às 21h, no Pacaembu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.