César Greco / Agência Palmeiras
César Greco / Agência Palmeiras

Com Zé Rafael de volta, Palmeiras treina de olho na Recopa Sul-Americana

Wesley e Gabriel Veron seguem com programações específicas por recomendação dos preparadores físicos

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2021 | 19h22

O Palmeiras foi aos trabalhos na manhã deste sábado de olho em seu próximo compromisso. Com o Paulistão paralisado, o clube alviverde volta suas atenções para a Recopa Sul-Americana, torneio que começará a ser disputado na próxima quarta-feira. O adversário é o Defensa Y Justicia, e o jogo de ida acontece em Buenos Aires.

De olho no adversário estrangeiro, o técnico Abel Ferreira usou das atividades deste fim de semana para aprimorar movimentações táticas. Ele ainda contou com o retorno de Zé Rafael, que vinha fazendo treinos separados e participou quase que integralmente dos trabalhos com o restante do elenco.

Além de Zé Rafael, Gabriel Veron e Wesley também têm programações específicas no Palmeiras. O trio sofreu com lesões na temporada passada e os preparadores físicos da equipe constataram a necessidade de trabalhar especificamente com cada um. “Esse período sem jogos do Paulista foi bom para mim porque pude trabalhar e ter um tempo que não tive em 2020 para me recuperar e fortalecer o tornozelo”, disse o meia ao site oficial do clube.

Outro que se recupera de problemas físicos é Alan Guimarães, que faz apenas trabalhos sem bola. O meia de apenas 21 anos está em momento de transição física para os gramados, visto que se recupera de uma lesão na perna esquerda, que sofreu diante do Guarani em 2020. O Palmeiras não treinará no domingo e se reapresenta apenas na segunda-feira. Além do Defensa Y Justicia, que venceu a Copa Sul-Americana, o time paulista tem outro “desafio de campeões”. No próximo dia 11, a equipe enfrenta o Flamengo, atual ganhador do Campeonato Brasileiro, em jogo válido pela Supercopa do Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.