Começa desmanche no Santos

Os jogadores que participaram da excursão à Coréia do Sul chegam na manhã desta terça-feira ao Brasil e devem ganhar pelo menos um dia de folga. Já os demais retomam os trabalhos às 16 horas. Rincón será o principal desfalque, pois está servindo ao selecionado da Colômbia e só retornará a Santos no dia 4, quando seu futuro começará a ser decidido.Há uma grande pendência financeira do clube com o atleta, em torno de US$ 2 milhões, e a permanência do jogador no elenco passa primeiro por esse acerto. Nesta segunda-feira, o gerente de futebol, Luiz Henrique de Menezes, manifestou interesse em contar com o volante para o Brasileiro, mas admitiu que "a situação financeira dele com o Santos não é fácil".O retorno do técnico Geninho vai possibilitar o início da montagem do time para o Brasileiro. Ele deverá conversar esta semana com os dirigentes para definir sua permanência ou saída da Vila Belmiro. Em relação ao elenco, os atacantes Dodô e Caio deverão mesmo deixar o Santos, já que serão donos de seus passes. Caio está livre, pois tinha acertado sua permanência até o final do Paulista, enquanto Dodô tem contrato até o final do mês que vem.A montagem do time passa também pela negociação de alguns jogadores para resolver problemas de caixa, que serão ainda agravados com a entresafra de jogos: o time só volta a disputar uma partida oficial no dia 2 de agosto. Titulares como Deivid, Léo, Renato, Fábio Costa serão negociados se surgir interessados, mas outros atletas poderão deixar a Vila Belmiro. O presidente Marcelo Teixeira, por outro lado, está anunciando que irá reforçar o elenco para o Brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.