Começa temporada do ?futebol solidário?

Nem nas férias os jogadores brasileiros conseguem largar o futebol. Eles passam o ano todo disputando os mais diversos campeonatos e quando chega dezembro, mês sem torneios oficiais, passam a participar de ?peladas? ao lado dos companheiros de clube e de amigos. A atitude acaba tendo um lado social, já que muitos atletas realizam partidas beneficentes para ajudar creches e instituições de caridade.O lateral-esquerdo Leandro, do Cruzeiro, considera 2003 o melhor ano da sua carreira. Ele conquistou os títulos da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro, além de ter sido convocado para a seleção brasileira pela primeira vez. O jogador, porém, diz que o sucesso não o fez esquecer seu passado de pobreza na Baixada Fluminense.Para provar isso, Leandro organizou uma pelada, programada para domingo, às 16 horas, no Clube Ferroviário, em Austin. O ingresso será dois quilos de alimentos não perecíveis, que serão doados para creches e instituições que cuidam de crianças carentes da região. Chamada de "Amigos do Leandro", o jogo contará com as presenças de Zinho e Felipe Mello, companheiros do jogador no Cruzeiro. "Tive uma infância difícil. Por isso, sempre que posso, procuro ajudar quem passa necessidade. Como tive um ano feliz, quero compartilhar este momento com o pessoal da minha comunidade." O atacante Magno Alves, ex-Fluminense e atualmente no Chonbuk Hyundai, da Coréia do Sul, também escolheu o domingo para realizar uma partida beneficente. Será no campo do CFZ, em São Gonçalo. O ingresso é um quilo de alimento não perecível, a ser distribuído em instituições de caridade do Rio e de Aporá, cidade natal do jogador na Bahia. "Um gol contra a fome" terá a participação do goleiro Diego e do atacante Jean, do Flamengo, do zagueiro César e do volante Marcão, do Fluminense, e dos campeões mundiais em 1994, Jorginho e Bebeto.Nesta sexta-feira, às 19 horas, no Club Municipal, na Tijuca, na zona norte, será realizado um jogo em prol do Natal Sem Fome, da Ação da Cidadania. Para assisti-lo, o público terá de doar um quilo de alimento não perecível.Entre os participantes estão o volante Bruno Quadros, do Guarani, o meia Alex Oliveira e o atacante Sorato, do Fluminense, entre outros.O volante Ricardo Bóvio, ex-Vasco e atualmente no futebol russo, optou por Campos, no interior do Estado do Rio, para também arrecadar alimentos para a campanha Natal Sem Fome. E vários jogadores já confirmaram presença. Destaque para o lateral-esquerdo Léo, do Santos, e do zagueiro Odvan, do Coritiba. O jogo será no Estádio Godofredo Cruz, sábado, às 10 horas.A Superintendência de Desportos do Estado do Rio de Janeiro (Suderj), responsável pela administração do Maracanã, informou que, por enquanto, não foi programada nenhuma partida beneficente no estádio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.