Comercial demite técnico após nova derrota no Paulistão

Clube perdeu nesta quarta para a Ponte Preta em Ribeirão Preto e carimbou terceiro jogo sem vencer

AE, Agência Estado

06 de fevereiro de 2014 | 20h13

RIBEIRÃO PRETO - O técnico Toninho Cecílio não resistiu a mais uma derrota no Paulistão e foi demitido nesta quinta-feira pelo Comercial. Dessa vez, o time de Ribeirão Preto perdeu em casa para a Ponte Preta, por 1 a 0, na noite de quarta, pela sexta rodada do Paulistão. O substituto ainda não foi anunciado.

Sem vencer há três jogos - empate com Oeste e derrotas para Rio Claro e Ponte Preta -, o Comercial é o penúltimo colocado do Grupo A do Paulistão, com quatro pontos, e luta contra o rebaixamento. Diante disso, a diretoria acabou optando pela demissão de Toninho Cecílio e da comissão técnica.

"Queremos enaltecer o excelente trabalho no dia a dia do clube e extremo caráter de cada membro desta comissão. Todos levarão sempre a nossa recomendação, pois montaram um grupo de jogadores fantástico. Mas, como futebol vive de resultados, decidimos, em comum acordo, pela mudança", disse o presidente do clube, Nelson Lacerda.

Luis Carlos Martins era o preferido da diretoria do Comercial para ocupar o cargo, mas não aceitou deixar o Mirassol, que disputa a Série A2. A aposta agora é em Giba Maniaes, que deixou o Paulista na última segunda-feira. O próximo jogo do time de Ribeirão Preto será na terça, contra o Santos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato PaulistaComercial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.