Comercial vence Come-Fogo sem emoções

O 123º encontro entre Botafogo e Comercial foi um dos menos empolgantes da história. Na noite fria desta quarta-feira, em jogo válido ainda pela terceira rodada da Copa Federação Paulista de Futebol (FPF), o Botafogo perdeu para o rival por 1 a 0, em pleno Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. O resultado manteve o Botafogo na sétima e última posição do Grupo 1, com apenas um ponto, enquanto o Comercial se isolou na liderança, com nove. Agora, pela quinta rodada da Copa FPF, os dois times voltam a campo já no próximo final de semana. O Botafogo irá receber a Matonense, no sábado, e o Comercial irá enfrentar o Rio Claro, no domingo. No jogo, o Botafogo sentiu a ausência do técnico Macalé, que foi demitido por atritos com a diretoria poucas horas antes do jogo e Nenê Bellarmino, do Comercial, aprontou uma surpresa de última hora, ao deixar o atacante Neto - filho do presidente Santino Soares Júnior - no banco de reservas. Apesar de estar jogando em casa, o Botafogo - comandado interinamente pelo auxiliar Antônio Carlos Novo - pouco conseguiu contra o Comercial, que, mesmo mostrando um futebol apenas razoável, dominou o primeiro tempo. O gol saiu logo aos 10 minutos, com Fabiano Souza cobrando um pênalti sofrido por Carlos Henrique. Daí em diante, o jogo seguiu sem maiores emoções.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.