Comissão do STJD suspende dirigente

A 2ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça da CBF suspendeu, nesta terça-feira, por 60 dias, o presidente do CSA, Euclydes Mello. O tribunal considerou um ato de desrespeito o dirigente ter rasgado uma edição do Código Brasileiro Disciplinar de Futebol, durante o julgamento no qual o Vasco saiu favorecido diante da equipe alagoana. A equipe carioca não foi punida por ter utilizado um atleta irregular na partida das oitavas-de-final da Copa do Brasil. O Vasco seguiu na competição e foi eliminado pelo São Paulo nas quartas-de-final.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.