Comissão espera ajuda de ?Gibão?

O empresário Nagib Fayad, um dos participantes no escândalo do apito e apostador nos jogos envolvidos, foi convidado pela Comissão de Inquérito montada pelo Tribunal de Justiça Desportiva a prestar esclarecimentos nesta terça-feira na sede da Federação Paulista. A Comissão, presidida pelo delegado Oswaldo Gonçalves, quer que Nagib aponte quais dos 22 jogos apitados por Edilson Pereira de Carvalho e José Paulo Danelon no Campeonato Paulista de 2004 entraram nos sites de apostas. Dos 21 jogos analisados, ?uns 2 ou 3 estão contaminados?, segundo os auditores. ?Tem mais jogos alterados que foram apitados pelo Danelon?, confessou o ex-árbitro Sidrack Marinho, um dos participantes da Comissão. Se ?Gibão? vai aparecer na sede da FPF, ninguém ainda sabe, mas os integrantes da Comissão não escondem a importância das declarações do empresário. Ainda hoje, a Associação dos Cronista Esportivos de Estado de São Paulo. (Aceesp) comunicou que não vai mais fazer parte da Comissão. O problema é que na sexta-feira os membros da Comissão foram até Jacareí conversar com Edilson Pereira de Carvalho e nenhum representante da Aceesp foi comunicado.

Agencia Estado,

10 de outubro de 2005 | 20h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.