Darren Staples/Reuters
Darren Staples/Reuters

Comissão técnica da seleção define que atletas terão folga antes da Copa de 2018

Jogadores do Brasil ficarão uma semana em Londres antes de ir para a Rússia, sede do Mundial

Estadão Conteúdo

15 Novembro 2017 | 20h10

A passagem da seleção brasileira por Londres, onde na última terça-feira empatou por 0 a 0 com a Inglaterra em amistoso realizado no estádio de Wembley, também serviu para a comissão técnica aprofundar os detalhes do período de preparação na cidade que será feito antes da Copa do Mundo de 2018. A equipe ficará uma semana na capital inglesa antes de ir para a Rússia.

+ Ex-jogadores são só elogios ao ano da seleção brasileira de Tite

+ Tite diz que Brasil aproveitou últimos testes e vê time 'sólido' para 2018

A data ainda não está definida, mas há grande chance de o grupo desembarcar em Londres em 3 ou 4 de junho. Antes, os jogadores farão um período de preparação na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), provavelmente a partir de 27 de maio. A comissão técnica ainda não revelou o centro de treinamento que a seleção utilizará na capital inglesa - a divulgação deverá ser feita em dezembro.

Tite pretende contar com todos os 23 convocados já a partir da data de apresentação. Isso, porém, vai depender do encerramento da temporada europeia. "Vamos dar uma semana de folga a todos os jogadores, a partir do final dos campeonatos que disputam", disse o preparador físico Fábio Mahseredjian. Com isso, se brasileiros estiverem envolvidos por exemplo na decisão da Liga dos Campeões da Europa, marcada para 26 de maio, eles só se apresentarão à seleção no início de junho.

Mas o próximo compromisso do técnico Tite e do coordenador de seleções, Edu Gaspar, será participar do sorteio dos grupos da Copa do Mundo, marcado para 1.º de dezembro, no Kremlin, em Moscou. Eles viajarão para a capital russa no próximo dia 28 e, depois do sorteio, irão a Sochi - a CBF não confirma, mas a cidade será o quartel-general da seleção brasileira no Mundial.

"Vamos ficar pela Rússia (após a definição dos grupos) para visitar nosso CT, o hotel, a estrutura à nossa disposição. Temos algumas ideias, algumas coisas para resolver no CT", explicou Edu Gaspar.

Depois disso, ele e Tite vão continuar mais uns dias pela Europa, pois o treinador quer assistir algumas partidas de campeonatos europeus com participação de jogadores brasileiros que ele vai levar à Copa do Mundo - o que pretende continuar observando. "Depois paramos para as festas, mas em janeiro retomamos o planejamento", disse Edu Gaspar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.