Rodolfo Buhrer/Reuters
Rodolfo Buhrer/Reuters

Comissão técnica trabalha para recuperar Fernandinho para quartas de final

Volante sofre com dores no joelho direito, mas tenta voltar para ser o substituto de Casemiro, suspenso

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

22 de junho de 2019 | 20h34

A comissão técnica da seleção brasileira anunciou neste sábado que se apressa para conseguir recuperar o volante Fernandinho até o próximo compromisso da Copa América. O jogador do Manchester City está com dores no joelho direito, foi desfalque na vitória por 5 a 0 sobre o Peru, na Arena Corinthians, mas passará por um cuidado intensivo para ter condições de entrar em campo na próxima quinta-feira, em Porto Alegre.

O cuidado com o Fernandinho é grande pois o Brasil terá um importante desfalque para a próxima partida. O volante titular Casemiro recebeu o segundo cartão amarelo e terá de cumprir suspensão automática. Segundo Tite, Fernandinho será o substituto caso se recupere. O jogador sentiu o joelho ainda no segundo tempo do empate com a Venezuela, na última terça-feira, em Salvador.

Fernandinho realizou somente um trabalho físico na sexta-feira e neste sábado pela manhã, acompanhado pelos preparadores físicos, realizou um trabalho funcional na academia do hotel. A expectativa é para neste domingo o jogador realizar a transição para os treinos com bola e a partir da segunda-feira, já em Porto Alegre, estar liberado para se juntar ao elenco.

A partida de quinta-feira abre o mata-mata da competição e valerá vaga na semifinal. A seleção brasileira aguarda as últimas rodadas dos outros grupos neste domingo e na segunda-feira à noite para saber qual será o adversário na Arena Grêmio. O elenco do técnico Tite viaja para a capital gaúcha na noite de domingo, depois de realizar um treino no CT do São Paulo.

Se Fernandinho não puder entrar em campo, a seleção brasileira tem no elenco Allan, do Napoli, como uma possível opção. Casemiro será o único desfalque da equipe por suspensão. O zagueiro Thiago Silva e o meia Philippe Coutinho também receberam amarelos, mas terão os cartões zerados por só terem uma advertência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.