Arquivo/AP
Arquivo/AP

Comitê disciplinar da Fifa vai avaliar declarações de Maradona

Presidente da entidade máxima do futebol, Joseph Blatter diz que técnico da Argentina pode ser punido

EFE,

16 de outubro de 2009 | 10h30

A Fifa enviou nesta sexta-feira a seu Comitê Disciplinar as declarações feitas pelo técnico da Argentina, Diego Maradona, depois da vitória que garantiu sua equipe na Copa do Mundo. O presidente da entidade máxima do futebol, Joseph Blatter, disse que o comandante argentino pode pegar até cinco partidas de gancho.

 

Veja também:

especialMAPA - Os países que já garantiram vaga na Copa

Eliminatórias da Copa - tabela Classificação | lista Tabela 

especial ELIMINATÓRIAS - Mais no canal especial

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Durante a entrevista coletiva, após o jogo, Maradona atacou os jornalistas que criticaram seu desempenho como treinador e a atuação da equipe nas Eliminatórias. "Tenho memória. Aos que não achavam que iríamos à Copa, com perdão às damas aqui presentes, que chupem e continuem chupando", disparou.

 

A imprensa argentina condenou o comportamento do treinador. Em sua edição dessa quinta, o La Nación disse que Maradona "foi revanchista e adotou um estilo repudiável ao invés da autocrítica". "Maradona não teve ideia melhor para comemorar a vitória do que descarregar uma bateria de palavras absurdas. Foi extremamente desrespeitoso. A pior versão de uma personalidade que não consegue se estabilizar", disse a publicação.

 

Também na quinta-feira, o Clarín destacou em sua capa: "Entrevista coletiva escandalosa, com insultos e grosserias". O anúncio de que as declarações foram enviadas ao Comitê Disciplinar foi feito pelo presidente da Fifa, o suíço Joseph Blatter, que evitou fazer outros comentários ao respeito.

 

"Segundo os relatórios recebidos até agora, não nos resta outra alternativa do que pedir ao comitê que atue contra o treinador", disse Blatter.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.