Divulgação
Divulgação

Comitê Gestor do Santos reforça críticas a calendário do futebol de 2014

Dirigentes afirmam que há excesso de jogos, falta de tempo para pré-temporada e falta de organização

SANCHES FILHO, Agência Estado

26 de setembro de 2013 | 21h17

SANTOS - O Comitê de Gestão do Santos se reuniu nesta quinta-feira para discutir assuntos pendentes do clube e, principalmente, o impasse sobre o calendário do futebol brasileiro para 2014. No começo da noite, a direção santista divulgou documento em que se propõe a participar da discussão. O clube também lembrou ter encomendado, em novembro do ano passado, estudo de uma consultoria sobre o calendário brasileiro, e que o emprestará de subsídio para a discussão.

Em nota, o Comitê afirma que "o modelo atual e o proposto para 2014 do calendário do futebol brasileiro repetem uma série de equívocos, já amplamente identificados, por todos os segmentos envolvidos na organização do futebol".

O órgão santista aponta que existe: excesso de jogos; falta de período adequado de pré-temporada, campeonatos regionais mal formulados e falta de datas disponíveis para excursões internacionais.

Os dirigentes santistas ainda reclamam de competições nacionais e regionais com baixo apelo comercial e pequeno público nos estádios e do fato de os amistosos da seleção desfalcarem os clubes. Ainda afirmam que as janelas de transferências são prejudiciais aos clubes brasileiros.

"Esse modelo ainda penaliza os clubes com maior sucesso na temporada, uma vez que, aquele que obtém excelente desempenho esportivo em um ano, viverá, certamente, uma situação caótica na temporada seguinte", aponta o Santos, campeão da Libertadores em 2011.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCcalendário

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.