Reuters
Reuters

Como um vídeo de aquecimento se tornou símbolo da habilidade de Maradona

Trabalho antes de jogo decisivo em 1989 é ícone da habilidade e da irreverência do argentino

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de novembro de 2020 | 13h09

O argentino Diego Maradona conseguiu se tornar conhecido até mesmo quando o jogo ainda não havia começado. Enquanto milhares de argentinos e fãs ao redor do mundo choram a morte do ídolo, um vídeo de 1989 voltou a se tornar popular na internet como prova da genialidade do camisa 10. O trabalho de aquecimento antes de um jogo decisivo do Napoli mostrou o talento e a irreverência dele.

Em 19 de abril de 1989 o Napoli enfrentou fora de casa o Bayern de Munique, da Alemanha, pela semifinal da Copa Uefa, torneio hoje renomeado Liga Europa. A equipe italiana havia vencido a partida de ida por 2 a 0 e buscava um título inédito. Mesmo com todo a expectativa no estádio, a estrela do jogo pareceu desligada de todo esse clima de ansiedade. Maradona deu um show à parte.

Antes do jogo, o astro se empolgou no aquecimento e com um olhar despreocupado, começou a fazer embaixadas com o pé esquerdo e depois com a cabeça. Um detalhe: nem mesmo as chuteiras desamarradas atrapalhavam o domínio. Para completar, toda a movimentação foi pautada pelo ritmo e pelas palmas dele ao som da música tocada no sistema de som do estádio. A canção Live Is Life, da banda austríaca Opus, era a triha sonora.

Embalado pelo som da música, Maradona se empolgou no aquecimento e passou vários instantes sozinho com a bola, enquanto os demais companheiros seguiam o trabalho pré-jogo concentrados. Depois desse show particular, Maradona teve grande atuação na partida. O empate em 2 a 2 classificou o Napoli para a decisão e mostrou o quanto o camisa 10 vivia em outro patamar e era capaz de brincar livremente com a bola antes de uma partida tão importante.

Logo depois, veio a final. E Maradona brilhou. Diante do Stuttgart, da Alemanha, o argentino marcou de pênalti na vitória por 2 a 1 no jogo de ida, na Itália, e novamente foi importante para ajudar a equipe a garantir o empate na volta. A Copa da Uefa é até hoje o único título internacional do clube.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMaradonaNapoliCopa da Uefa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.