Robson Fernandjes/Estadão
Robson Fernandjes/Estadão

Companheiro de zaga, Wellington arranca elogios de Lúcio no Palmeiras

Jogador de 22 anos conquista vaga de titular após saída de Henrique, por anos dono do posto

AE, Agência Estado

18 de fevereiro de 2014 | 17h57

SÃO PAULO - Com Henrique negociado com o Napoli, o tetracampeão mundial Lúcio acabou formando uma dupla improvável na defesa do Palmeiras. Seu companheiro de zaga é Wellington, jogador que já está com 22 anos, na sua quinta temporada no clube, e que só agora conseguiu espaço na equipe titular. Mesmo assim vem mostrando qualidades, tanto é que arrancou elogios do veterano nesta terça-feira.

"Todos os jogadores estão atuando muito bem. Ele (Wellington), por ser um jogador novo, está entrando muito bem e se encaixando. Esse apoio e confiança do treinador no trabalho deles (atletas mais novos) é essencial para passar tranquilidade", comentou Lúcio.

No lançamento do novo segundo uniforme do Palmeiras, o veterano também falou da rápida adaptação ao novo clube. "Confio em meu trabalho. Fiquei um tempo sem jogar, mas continuei trabalhando as partes física e técnica com profissionais do futebol. O meu objetivo era voltar bem, e graças a Deus a minha adaptação está sendo muito boa. O meu objetivo agora é sempre ajudar o Palmeiras."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasPaulistãoLúcio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.