Nelson Almeida/ AFP
Nelson Almeida/ AFP

Comparado a Bruce Willis em 'Duro de Matar', Neymar é destaque na mídia internacional

Camisa 10 deixou o gramado sangrando após cotovelada

O Estado de S.Paulo

07 Outubro 2016 | 10h44

A dura marcação sofrida por Neymar, na goleada de 5 a 0 do Brasil contra a Bolívia, foi destaque na mídia internacional. Autor de um gol e duas assistências, o atacante primeiro se desentendeu com defensor adversário e acabou amarelado. Depois, já na etapa final, foi atingido por cotovelada de Yasmini Duk, ficando com o rosto ensanguentado. A imagem chamou atenção do jornal alemão Welt, que comparou a aparência do craque a do ator norte-americano Bruce Willis, no filme "Duro de Matar".

O espanhol Marca, por sua vez, utilizou a seguinte manchete: "Neymar dança em um campo minado". A publicação diz que o camisa 10 gostou tanto de dançar em campo minado, que acabou pisando em uma mina. Na Catalunha, o Sport destacou a grande partida do atacante do Barcelona e ressaltou que Duk sequer foi advertido. Fato também lembrado pelo italiano La Gazetta dello Sport.

Na França, o L'Equipe afirmou que a cotovelada dada pelo jogador boliviano foi "símbolo da frustração", já que naquela altura, o placar apontava 4 a 0 para o Brasil.

Sem o atacante, suspenso pelo segundo cartão amarelo, a seleção brasileira volta suas atenções para seu próximo compromisso, contra a Venezuela, na terça-feira, às 21h30, em Mérida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.