Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Completo e sem dúvidas, Flamengo faz último treino antes da estreia no Mundial

Equipe não entra em campo desde o encerramento do Brasileirão, dia 8

Redação, Estadão Conteúdo

16 de dezembro de 2019 | 09h22

O Flamengo está completo e pronto para a estreia no Mundial de Clubes. Nesta segunda-feira, véspera do duelo com o Al-Hilal, em Doha, pelas semifinais da competição, o time fez seu último treinamento para o confronto e contando com todo o elenco em campo.

Como vem sendo frequente, apenas os primeiros 15 minutos da atividade no Estádio Abdullah bin Khalifa puderam ser acompanhados pela imprensa. Nesse período, os jogadores apenas realizaram trabalhos leves com bola, além de atividades físicas.

Mas não há dúvidas ou mistério sobre a escalação do Flamengo, que vai entrar em campo com: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel.

Sem entrar em campo desde 8 de dezembro, quando foi goleado pelo Santos por 4 a 0, na Vila Belmiro, pela rodada final do Campeonato Brasileiro, o Flamengo chega descansado para a disputa do Mundial de Clubes. Até por isso, o técnico Jorge Jesus tem comandado trabalhos mais intensos e longos nos últimos dias, especialmente nas atividades realizadas no Ninho do Urubu, antes da viagem para o Catar.

A ideia é que o time chegue bem condicionado para o confronto da semifinal e para uma eventual decisão, agendada para o próximo sábado, o que está sendo favorecido pela falta de lesões e problemas físicos no elenco.

Para isso, porém, o Flamengo precisará primeiro passar pelo Al-Hilal, da Arábia Saudita, que no último sábado derrotou o Esperance, da Tunísia por 1 a 0. E o confronto entre os últimos vencedores da Copa Libertadores e da Liga dos Campeões da Ásia está agendado para as 14h30 (horário de Brasília) desta terça-feira, no Estádio Internacional Khalifa, em Doha.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMundial de ClubesFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.