Conca recebe advertência do TJD, mas é liberado no Flu

O meia Conca escapou de uma punição do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD/RJ) nesta sexta-feira. O jogador recebeu uma advertência por causa da expulsão no clássico com o Botafogo e foi liberado para defender o Fluminense contra o Resende, no domingo.

AE, Agencia Estado

19 de março de 2010 | 20h35

"Fico muito feliz por estar liberado para ajudar meus companheiros. Faço questão de agradecer ao Mário [Bittencourt, advogado] e ao Fluminense por tudo o que fizeram por mim", comentou o atleta, após o julgamento.

Conca foi denunciado no artigo 254 (prática de jogada violenta) Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por causa da falta no meia Lúcio Flávio. O argentino poderia ter pego gancho de até seis partidas. Por causa do cartão vermelho, o jogador cumpriu suspensão automática no jogo do Fluminense contra o América, na rodada passada da Taça Rio.

Ainda nesta sexta, o zagueiro Digão foi absolvido pelo TJD, após ser denunciado no mesmo artigo 254. Ele havia sido expulso na partida contra o Tigres, na segunda rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.