Giuseppe Cacace/AFP
Giuseppe Cacace/AFP

Concacaf anuncia apoio à reeleição de Infantino para a presidência da Fifa

Dirigente suíço vai disputar novo mandato para o cargo no próximo dia 5 de junho

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de fevereiro de 2019 | 12h34

A Concacaf anunciou nesta sexta-feira, em reunião em San José, na Costa Rica, que vai apoiar Gianni Infantino na próxima eleição presidencial da Fifa. O dirigente suíço vai buscar a reeleição na votação marcada para o congresso da entidade, que será realizada em Paris, no dia 5 de junho, antes do início do Mundial Feminino.

Infantino tem promessas públicas de apoio de cada confederação continental de fora da Europa. Diante desse cenário favorável a ele, não parece provável que algum nome seja apresentado como adversário para o suíço até a data-limite para isso, o dia 5 de fevereiro.

Na eleição, Infantino buscará um primeiro mandato completo. Ele assumiu a presidência da Fifa em fevereiro de 2016 para substituir Joseph Blatter, que renunciou após o início nos Estados Unidos de uma série de investigações de caso de corrupção na entidade gestora do futebol mundial.

No Congresso Extraordinário da Fifa, realizado em fevereiro de 2016, Infantino superou o bareinita Salman Bin Ibrahim Al-Khalifa, o príncipe jordaniano Ali Al Hussein, e o francês Jérôme Champagne. Agora, não deverá ter oposição para se manter à frente da entidade.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.