AP/Tony Gutierrez
AP/Tony Gutierrez

Chicharito Hernández é eleito melhor jogador mexicano de 2015

Bryan Ruiz e Guardado completam a lista da Concacaf

Estadão Conteúdo

22 de janeiro de 2016 | 18h37

Agora no Bayer Leverkusen, o atacante Chicharito Hernández foi apontado nesta sexta-feira como o jogador do ano de 2015 pela Concacaf, entidade que reúne federações das Américas do Norte e Central e do Caribe. O costarriquenho Bryan Ruiz, que chegou a ser especulado por clubes brasileiros depois da Copa do Mundo de 2014 ficou com o segundo lugar, seguido do veterano mexicano Guardado, do PSV.

Esta é a primeira vez que o prêmio fica com Chicharito. Na primeira edição, em 2013, a Concacaf liberou votos apenas para atletas que atuam no continente, escolhendo o mexicano Oribe Peralta, então no Santos Laguna, do México. Em 2014, com o fim da restrição, o prêmio foi para Keylor Navas, goleiro do Real Madrid.

Mesmo titular do Real, Navas não ficou nem entre os três melhores goleiros da Concacaf em 2015, preterido pelo vencedor Tim Howard (norte-americano do Everton), por Jaime Penedo (panamenho que defende o Saprissa, da Costa Rica) e Guillermo Ochoa (mexicano do Málaga).

A Concacaf, assim como faz a Fifa, também montou a sua "seleção ideal". Escalou: Tim Howard (EUA/Everton); Roman Torres (PAN/Seattle Sounders), Giancarlo Gonzalez (CRC/Palermo), Hector Moreno (MEX/PSV) e Miguel Layun (MEX/Porto); Andres Guardado (MEX/PSV), Michael Bradley (EUA/Toronto FC), Joel Campbell (CRC/Arsenal) e Jesus Corona (MEX/Porto); Chicharito (MEX/Bayer) e Bryan Ruiz (CRC/Sporting).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.