Condição física vai definir escalação do Flu em clássico

A viagem ao Chile, a difícil vitória sobre o Huachipato, na noite de quarta-feira, o retorno ao Brasil na madrugada e o pouco tempo para descanso e treinamento vai pesar na decisão do técnico Abel Braga de quem escalar para o clássico de sábado com o Vasco, às 18h30, no Engenhão. O rival tem a vantagem do empate para avançar à final da Taça Guanabara.

AE, Agência Estado

28 de fevereiro de 2013 | 19h25

Abel pretende escalar sua força máxima. Mas admite que vai pedir uma posição dos próprios jogadores para definir o time que vai a campo na semifinal do turno do Campeonato Carioca. "Vamos tentar fazer o melhor possível em relação ao repouso, conversar para saber quem está bem e quem não está. Se estiverem todos bem, será a mesma equipe", comentou Abel, depois da vitória por 2 a 1 sobre os chilenos.

Alguns jogadores são motivo de especial preocupação, pelo histórico de lesões. Ninguém causa mais temor do que Deco. O meia sofreu um estiramento muscular na pré-temporada, que afetou sua preparação, e suas (más) atuações evidenciam a falta do melhor condicionamento físico e técnico. É possível que Abel resolva voltar com Deco para o banco e lançar Wagner, autor do gol da vitória sobre o Huachipato.

"O Vasco está descansando a semana inteira. O mínimo era passar este jogo para domingo. Também para preservar a saúde dos jogadores, que podem ter problemas. Existem interesses e a gente fica triste porque é desumano", bufou o atacante Fred, que também tem um retrospecto de problemas musculares.

Depois de desembarcar na manhã desta quinta no Rio, os titulares fazem leve treinamento na manhã desta sexta, nas Laranjeiras, durante o qual Abel deve fechar posição sobre escalar ou não força máxima. O triunfo sobre o time chileno, que levou o Flu aos seis pontos no Grupo 8 da Libertadores, dá mais tranquilidade para o treinador tomar sua decisão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseCampeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.