José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Confiante após clássico, Santos busca a terceira vitória no Paulistão

Principal dificuldade de Enderson Moreira é escolher um substituto para Alison, que não enfrenta o São Bernardo por conta de lesão

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

14 de fevereiro de 2015 | 07h33

O Santos passou bem no teste contra o São Paulo na última quarta-feira e quer fechar a semana com vitória diante do São Bernardo, no estádio 1º de Maio, em São Bernardo do Campo, neste sábado, às 17 horas, pela quinta rodada do Campeonato Paulista. E se vencer será o terceiro triunfo santista em cinco jogos e o primeiro como visitante.

Se nas três primeiras rodadas o time não chegou a empolgar, e mostrou inúmeras falhas por estar em fase de transição, no clássico de quarta-feira o seu comportamento foi de uma equipe que pode sonhar em ir mais longe na competição.

O técnico Enderson Moreira não vai poder repetir a escalação do time porque Alison sofreu torção no joelho direito e até pode ser operado e ficar fora do restante do Paulistão. Os médicos do Santos não falam sobre jogadores lesionados, mas a informação do clube é de que o joelho do volante continuava muito inchado nesta sexta-feira, impedindo que fosse feita a ressonância magnética para que se saiba se há necessidade de cirurgia.

O treinador ainda não escolheu o substituto de Alison, mas descartou formar a dupla de volantes com Renato e Elano. "Com Renato e Elano ficaríamos com dois jogadores com as mesmas características. Está mais para Leandrinho ou Lucas Otávio, mas temos mais algumas horas até o jogo para pensar. Valencia é da posição, mas só vai começar a treinar normalmente com o grupo depois do carnaval". Enderson Moreira também deixou como dúvida o retorno de Cicinho à lateral direita. "É um possibilidade", disse.

Gabriel, artilheiro do time na temporada passada com 21 gols, continua fora por continuar o trabalho físico de recuperação. Pela avaliação a que foi submetido ao retornar da seleção brasileira Sub-20, o atacante apresentou uma perda de força muscular. Outro que vai continuar fora do time é o garoto Caju, que se recupera de uma pubalgia.

Enderson Moreira considera o São Bernardo um adversário perigoso. "Nos seus domínios tem jogado bem, sabe marcar muito e é uma equipe compacta. As nossas dificuldades serão enormes. Eles jogaram um dia antes que a gente e estão mais descansados, como aconteceu com o São Paulo", concluiu o técnico.

Se ganhar neste sábado, o Santos vai se isolar ainda mais na liderança do Grupo 4, chegando a 11 pontos, podendo abrir oito de vantagem sobre o Bragantino, que é o segundo com três e enfrenta o São Paulo, em Bragança Paulista, e nove em relação ao Capivariano, que joga contra o Ituano, em Itu, ficando com a classificação às quartas de final bem encaminhada com apenas um terço da fase disputada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.