Confiante após empate fora, Botafogo espera vencer a primeira no Brasileirão

O empate fora de casa contra o Sport, no último domingo, trouxe novo ânimo ao Botafogo. A vitória só não veio por erros na finalização, situação que o técnico Ricardo Gomes espera solucionar nesta quarta-feira, contra o Atlético Paranaense, às 19h30, no estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG). O jogo é válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Thiago Rabelo, especial para a AE, Estadão Conteúdo

25 de maio de 2016 | 06h30

Assim como o adversário, o Botafogo ainda não venceu na competição e está na 17ª posição. A estreia foi com derrota para o São Paulo, com o único ponto conquistado na Ilha do Retiro, no empate por 1 a 1. O Atlético também não vive bom momento, com a mesma pontuação do Botafogo, mas na 19ª posição por causa do saldo de gols, já que foi goleado pelo Palmeiras na abertura do Brasileiro, por 4 a 0.

Apesar de ter aprovado o desempenho na última partida, Ricardo Gomes não poderá repetir a equipe. Com dores musculares, o argentino Joel Carli foi vetado e não viajou para Juiz de Fora. Reserva, mas sempre utilizado pelo treinador, o atacante Luís Henrique tem o mesmo problema e não joga.

Com a saída do argentino, o jovem Emerson retorna ao time. O jogador foi um dos destaques da equipe no Campeonato Carioca, autor de um belo gol de falta contra o Vasco, em fevereiro, mas se lesionou e ficou de fora dos últimos jogos da equipe, por causa de uma lesão na coxa.

Diante dos problemas ofensivos e da falta de gols, o chute forte de Emerson pode ser a solução para a equipe que tem mostrado baixo aproveitamento nas finalizações neste início de campeonato. Após várias chances, o atacante Salgueiro perdeu a vaga no time titular e a confiança do treinador, que está atrás de um centroavante para a sequência do Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.