Confiante, São Caetano vai atacar América

O São Caetano aposta na boa fase para conseguir outra vitória na Taça Libertadores da América, contra o América do México, nesta quinta-feira à noite, no Estádio Anacleto Campanella. A briga valerá a liderança do Grupo 1, dividida pelos dois clubes, com quatro pontos cada. Mas o técnico Muricy Ramalho não se importa com a invencibilidade à frente do time, mas com a necessidade de vencer. "Em casa é primordial somarmos três pontos. A Libertadores é uma competição equilibrada", reforça o técnico, que pediu o máximo de empenho de seus jogadores. Peñarol, do Uruguai, e The Strongest, da Bolívia, estão com apenas um ponto. Somente o primeiro colocado passará à segunda fase da competição. Com o time indo bem, Muricy já avisou que não pretende mexer no esquema 4-4-2. A única novidade será a volta de Zé Carlos na lateral-esquerda, recuperado de forte gripe, no lugar de Triguinho que atuou diante do Paulista. O time será confirmado após o co letivo-apronto previsto para a manhã desta quarta-feira. Boa campanha - Sob o comando do técnico Muricy Ramalho, o São Caetano parece finalmente ter encontrado o seu caminho. Desde que assumiu em substituição ao demitido Tite, o time do ABC não sabe o que é perder. Muricy comandou o time em cinco jogos, sendo três pelo Campeonato Paulista e mais dois pela Taça Libertadores da América. Desde então, o São Caetano só não saiu vencedor no confronto contra o Peñarol, pela Libertadores, no Uruguai, onde empatou por 1 a 1. A mudança do esquema do 3-5-2 para o 4-4-2 resolveu o velho problema da falta de gols. Em apenas três jogos no Paulista, diante de Palmeiras, Ituano e Paulista, o time do ABC marcou nove gols, contra oito em cinco jogos da "Era Tite". Apesar dos bons números, o São Caetano pode ficar de fora da próxima fase do Campeonato Paulista. Atualmente, o São Caetano está em quarto lugar no Grupo 2 ao lado do Marília, ambos com 16 pontos. O MAC, porém, leva vantagem pelo maior número de vitórias. "Infelizmente estamos pagando pelo mau começo no campeonato", lamenta o técnico Muricy. Para poder chegar às quartas-de-final, o São Caetano precisa vencer o União São João, neste domingo, e ainda contar com uma vitória do rebaixado Oeste sobre o Marília, em Marília.

Agencia Estado,

09 de março de 2004 | 18h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.