Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

'Confiante', seleção ainda não sabe se poderá contar com quem atua na Inglaterra

Tite chama oito jogadores que atuam no futebol inglês para jogos das Eliminatórias mesmo sem uma definição

Marcio Dolzan / RIO, O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2021 | 14h45

Apesar de se dizer "confiante" na liberação de atletas que atuam no Campeonato Inglês para a próxima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo - diante de Venezuela, Colômbia e Uruguai -, a comissão técnica da seleção brasileira ainda não tem a confirmação oficial de que terá à disposição os oito jogadores que atuam na liga inglesa. No mês passado, todos os atletas que jogam em times da Inglaterra foram barrados pelos seus clubes e não se apresentaram.

O imbróglio surgiu depois que os ingleses se negaram a liberar os jogadores alegando prejuízo. Isso porque, no Reino Unido, pessoas que viajaram para a América do Sul precisam cumprir quarentena de 10 dias antes de retornar às atividades.

O momento agora é outro e há um acordo para a liberação - a CBF abriu mão de exigir a aplicação de uma norma que impediria a escalação dos jogadores por um prazo de cinco dias além da Data Fifa, com a promessa de que eles seriam liberados agora -, mas a definição oficial só será feita na próxima semana.

"Nós optamos por fazer a liberação para que os atletas jogassem a data passada, com o empenho dos clubes da Premier League (Campeonato Inglês) e da Fifa (de liberação) nessa data agora de outubro. Já tiveram várias reuniões, reuniões positivas com a Fifa, Premier e governo britânico, e a gente confia que na próxima semana vai haver uma solução positiva para esses casos, por isso fizemos a convocação", disse o coordenador da seleção, Juninho Paulista. "O que nos foi passado é que não está confirmado, mas que brevemente vai haver essa confirmação".

Na lista anunciada nesta sexta-feira estão oito jogadores que atuam no futebol inglês. Foram chamados os goleiros Alisson (Liverpool) e Ederson (Manchester City), o lateral-direito Emerson (Tottenham), o zagueiro Thiago Silva (Chelsea), os meias Fabinho (Liverpool) e Fred (Manchester United) e os atacantes Gabriel Jesus (Manchester City) e Raphinha (Leeds United).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.